13/11/2017 as 18h39 - Atualizado em 13/11/2017 as 18h39

Falando de Sexo: Como saber se tenho uma DST?

O primeiro e principal passo a tomar se você estiver na dúvida sobre ter ou não uma doença sexualmente transmissível é procurar um médico



Gostaria de saber como eu posso ter certeza se tenho ou não uma doença sexualmente transmissível. O que a gente sente?
Bom lembrar e falar deste assunto com frequência aqui na nossa coluna. Nunca deixem de nos questionar! Nos próximos dias, vamos falar sobre este assunto.

O primeiro e principal passo a tomar se você estiver na dúvida sobre ter ou não uma doença sexualmente transmissível (DST) é procurar um médico. Qualquer pessoa que seja sexualmente ativa corre o risco de contrair uma DST, independentemente do sexo, raça, classe social ou orientação sexual.

Dito isto, saiba que adolescentes e jovens contraem DSTs mais facilmente do que as pessoas mais velhas. Aos 25 anos, a metade dos adultos sexualmente ativos adquire uma DST. Ter múltiplos parceiros sexuais também aumenta o risco.

HPV

Hoje, vamos falar mais sobre as verrugas genitais (HPV). Confira:

Você sabia que não precisa fazer sexo para ter uma DST? O contato pele a pele é suficiente para espalhar o HPV, a família de vírus que causa verrugas genitais. Alguns vírus causam verrugas e, geralmente, são inofensivos. Outros podem levar ao câncer de colo de útero ou anal. As vacinas podem proteger contra alguns dos tipos. Fique atento a verrugas cor-de-rosa que são levantadas, planas ou com forma de couve-flor. Muitas vezes, não há sintomas.
HORA


Públicado por: Adriane Siqueira