06/11/2017 as 13h18 - Atualizado em 06/11/2017 as 13h18

Internacional! Miss Bumbum 2017 tomou conta da mídia estrangeira

O concurso que entrou no seu sétimo ano nesta edição virou manchete em vários sites internacionais durante os meses da corrida pelo título; confira



O Miss Bumbum 2017 deu o que falar! Apesar de ser o penúltimo concurso idealizado por Cacau Oliver, a premiação que celebra o melhor bumbum do ano, a premiação conseguiu expor diversas modelos além do Brasil – onde elas viraram notícia. De suspeitas de fraude, até mesmo ensaios abundantes por causas nobres, diversos veículos internacionais ficaram de olho no que estava acontecendo por aqui, fazendo do Miss Bumbum um concurso internacional.
Logo no início do concurso, com a divulgação das candidatas ao Miss Bumbum 2017, o The Sun noticiou uma novidade do elenco: a inclusão. O concurso foi o primeiro a ter uma deficiente física concorrendo ao título em sete anos de premiação. Rubia Machado estampou a matéria “Competidora de uma única perna torna-se a primeira mulher com deficiência a participar da famosa e sexy competição de bumbuns do Brasil” no The Sun . Entretanto, não foi apenas Rubia que teve destaque no tablóide durante o ano. O veículo também publicou um panorama sobre a premiação, trazendo à tona as vivências de outras candidatas, como de Gilliane Bonheur, que removeu seus implantes de silicone para participar do concurso.

Em agosto, com a corrida pelo título já iniciada, o site de fofocas de celebridades TMZ chegou a publicar sobre a marcha com a manchete “Miss Bumbum 2017: as bundas das mulheres se vão”, afirmando na nota que a tradição anual de São Paulo era “tirando o carnaval, uma das melhores exportações do Brasil”. No mesmo mês, o site também noticiou outro acontecimento da competição. Diante da polêmica decisão do presidente Michel Temer diante da relação de extração de material bruto das áreas de reserva da Amazônia, as candidatas ao concurso realizaram um ensaio sensual como forma de protesto, se amarrando em árvores. O portal, por sua vez, não deixou o evento passar batido e trouxe à tona a manchete “Miss Bumbum salva a floresta traseira”. Na nota, escreveram: “Isto parece um protesto pacífico que todos nós podemos nos colocar atrás”.
Apesar do concurso durar cerca de quatro meses, os veículos de notícias não perderam os acontecimentos do Miss Bumbum de vista. Em outubro, com a denúncia massiva de assédio sexual contra o produtor Harvey Weinstein em Hollywood, cinco candidatas do concurso se posicionaram em relação ao caso e se vestiram com um pedaço de carne para prestar solidariedade às vítimas. O britânico Mirror noticiou: “Candidatas ao Miss Bumbum levantam os bifes, colocando “bife-kinis” em protesto contra assédio sexual antes do concurso no Brasil”. A ocasião também foi noticiada pelo Daily Star Sunday : “’Nós não somos apenas um pedaço de carne’, Miss Bumbum protesta utilizando ‘bife-bikinis’”.
Manchete no jornal "The Sun"
Apesar do concurso já ter ganhado notoriedade suficiente fora do País por si só, a polêmica de fraudes que o iG Gente apurou com exclusividade tomou conta das notícias dos portais de notícias internacionais. O The Sun também noticiou em outubro que “Concurso Miss Bumbum é atingido por escândalo de falsificação com seis candidatas acusadas de roubar utilizando robôs para votar”. A matéria também foi replicada pelo Daily Star Sunday com o título de “Babys do Miss Bumbum são acusadas de roubar a medida que competição esquenta”.

O concurso Miss Bumbum 2017 chega ao fim nesta segunda-feira (06), revelando quem será a grande vencedora. A despeito do resultado uma coisa é fato: esses meses tiveram muita história para contar!



Fonte: 24 HORAS NEWS

Veja as Fotos:


Públicado por: Adriane Siqueira