14/11/2017 as 07h08 - Atualizado em 14/11/2017 as 07h08

PINHALZINHO - Membros do Conselho Municipal de Agricultura recebem capacitação

Encontro do conselho contou com orientações



Foi realizado um encontro do Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural (CMDR), em Pinhalzinho/SC, o objetivo foi capacitar os membros do conselho.
No período da manhã, ocorreu uma palestra com o extensionista rural da Epagri de São Carlos, Paulo Menoncini, que abordou sobre o papel do Conselho de Agricultura. Posteriormente foi realizada uma palestra com a extensionista social da gerencia regional de Chapecó, Suzana, que falou sobre liderança, levando em consideração que os membros do conselho são líder de suas comunidades e fazem o elo de ligação entre o poder público municipal, entidades ligadas ao setor agropecuário e suas comunidades.

Todas as ações e os rumos das políticas públicas municipais, obrigatoriamente, passam pelo conselho. Então, o mesmo tem a função legal de deliberar sobre os assuntos relacionados às políticas públicas, salienta o extensionista rural da Epagri de Pinhalzinho, Ivandro Vitor Moter.

Fazem parte do Conselho, representantes das comunidades rurais, titular e suplentes, e representantes de entidades ligadas ao setor agropecuário.

Conforme o secretário da Agricultura, Honorino Dalapossa, ao concluir a formação do Conselho Municipal, sentiu a necessidade de realizar uma capacitação. Convidamos a Epagri para realizar essa capacitação, relacionada a lideranças. Na parte da tarde, representantes da Amosc abordaram sobre como funciona as receitas do município, com o objetivo de provocar o conselho, para que levem para as bases, o entendimento de que é necessário vender e comprar com nota fiscal, isso compõem o movimento econômico rural, salienta.

Na oportunidade, também foi debatido sobre o Plano Plurianual (PPA) da Epagri e realizado um convite, por parte da Secretaria de Agricultura, aos agricultores, para que se façam presentes no dia 20 de novembro, para discussão, apreciação e aprovação da Lei de Incentivos Gerais e a Lei da Porteira para Dentro, para que sejam encaminhadas à Câmara de Vereadores.
Ascom


Públicado por: Roberto Lorenzon