12/01/2018 as 07h42 - Atualizado em 12/01/2018 as 07h42

SC - Chuva forte em SC causa estragos em 21 cidades e 2 mortes

Duas pessoas estão desaparecidas. Quase 300 tiveram que sair de casa.



Santa Catarina registrou mortes, desaparecimentos, desalojados, desabrigados, alagamentos, deslizamentos e trânsito problemático nesta quinta-feira (11) por causa das fortes chuvas. De acordo com a Defesa Civil estadual, foram dois mortos e dois estão desaparecidos. No estado, 21 municípios registraram danos, conforme o órgão.ação)

As 21 cidades que tiveram algum prejuízo são:
- Lauro Müller, no Sul
- Imbituba, no Sul
- Florianópolis
- Braço do Norte, no Sul
- São José, na Grande Florianópolis
- São João Batista, na Grande Florianópolis
- Biguaçu, na Grande Florianópolis
- São Francisco do Sul, no Norte
- Penha, no Litoral Norte
- Itapema, no Litoral Norte
- Balneário Camboriú, no Litoral Norte
- Itajaí
- Bombinhas, no Litoral Norte
- Navegantes, no Litoral Norte
- Taió, no Vale do Itajaí
- Camboriú, no Litoral Norte
- Porto Belo, no Litoral Norte
- Governador Celso Ramos, na Grande Florianópolis
- Tijucas, na Grande Florianópolis
- Palhoça, na Grande Florianópolis
- Canoinhas, no Norte
Os dois mortos são um menina de 8 anos em São João Batista, na Grande Florianópolis, que brincava em uma garagem quando uma árvore caiu e derrubou a estrutura, e um homem de 59 na capital, que sofreu um infarto, caiu e bateu a cabeça enquanto tentava ajudar vizinhos a limpar um bueiro entupido.

Duas pessoas estão desaparecidas: um haitiano de 34 anos que caiu em um bueiro em Balneário Camboriú e um homem no Morro do Quilombo em Florianópolis.
Segundo o boletim da Secretaria de Estado da Defesa Civil divulgado perto das 21h, 485 pessoas estão desalojadas e cinco desabrigadas. Foram afetadas pelas chuvas 3.751 pessoas e 937 casas.

Já a prefeitura de Florianópolis afirma que 1.230 pessoas estão desalojadas na capital, ficando na casa de amigos e parentes. Outras 150 estão em três abrigos do município, localizados nos bairros Saco Grande, Rio Tavares e Centro. A que mais recebeu desabrigados até agora foi a unidade do Rio Tavares.
Abrigo em Balneário Camboriú

A Prefeitura de Balneário Camboriú informou que será montado na noite desta quinta um abrigo no Ginásio da Barra. O pedido veio de moradores da localidade de Vila Fortaleza, no Bairro São Judas, que estão em área de risco. Conforme o município, um ônibus da Secretaria de Educação foi encaminhado para transportar cerca de 40 pessoas no local.

Trânsito em Florianópolis

Segundo o boletim mais recente da Polícia Militar Rodoviária, divulgado perto das 20h, esta é a situação das rodovias em Florianópolis:
- Rodovia SC-405, no km 2,700: pista totalmente alagada, com a água começando a baixar. Ônibus e caminhões já estão passando, assim como alguns veículos leves;

- Rodovia SC-401, no km 16,000, próximo à ACM (Associação Catarinense de Medicina): erosão severa na pista e duas faixas liberadas no sentido Centro-bairro;
- Rodovia SC-404, em frente à Alameda Casa Rosa: erosão na pista, sentido lagoa;

- Rodovia SC-404: Morro da lagoa com diversos pontos com vegetação no acostamento;- - Rodovia SC-406, km 19,300, na Praia Mole, próximo ao restaurante Ponta das Caranhas: queda de barreira, com trânsito em meia pista.

Ajuda
O governo do estado informou nesta quinta que vai liberar R$ 3 milhões para a Prefeitura de Florianópolis providenciar reparos emergenciais dos estragos causados pela chuva. A decisão foi anunciada após reunião entre o governador Raimundo Colombo (PSD) e o prefeito Gean Loureiro (PMDB). Segundo Loureiro, o dinheiro será usado principalmente para recuperação viária e controle das encostas, para evitar novos deslizamentos.

Transporte público em Florianópolis

A queda de uma ponte que “dividiu” em dois o bairro Ratones, em Florianópolis, nesta quinta-feira (11), mudou os horários do transporte público naquela região de forma emergencial, segundo a prefeitura.
A linha de ônibus também foi dividida: uma atende a entrada do bairro até a escola Mancio Costa e, a outra, da Vargem Pequena até a servidão Lino Pedro Machado. Os ônibus vão até esses pontos e retornam pelo mesmo caminho.

O transporte feito por embarcações no Leste da Ilha de Florianópolis não vai funcionar nesta sexta-feira (12) e só será retomado quando as condições climáticas estiverem favoráveis, informou a prefeitura.
O serviço entre a Lagoa da Conceição, Costa da Lagoa e Barra da Lagoa não funcionou nesta quinta (11) por causa do volume de chuva. Os trapiches estão submersos e a navegação foi colocada em risco por causa do acumulado de lixo, madeiras e troncos de árvores na água.

Previsão do tempo para sexta (12)

Meteorologia prevê leve melhora no tempo para esta sexta-feira (12);

O meteorologista da NSC TV Leandro Puchalski prevê alguma mudança para o tempo desta sexta (12). O sol deve aparecer, principalmente no Oeste.
Porém, ainda há chance de chuva, na maior parte das cidades, entre a tarde e a noite. O fenômeno pode ocorrer pela manhã apenas no litoral e áreas próximas, intercalando com momentos de abertura de sol.

É possível que haja chuva forte, mas não nos volumes registrados ao longo desta semana.

As temperaturas máximas chegam a 23ºC na Serra, 27ºC no Oeste, 28ºC na Grande Florianópolis, 29ºC no Vale do Itajaí e 30ºC no Sul e Norte.
Fonte: G1

Veja as Fotos:


Públicado por: Roberto Lorenzon