10° Exposição de Orquídeas encerra com sucesso de público

77

Número expressivo de pessoas passou pelo centro de eventos nos três dias de evento.

Com foco na qualidade e na preservação das espécies de plantas cultivadas em Chapecó, a 10° Exposição de Orquídeas, bromélias, cactos, suculentas e plantas ornamentais que se consolida como o evento do município, encerrou no domingo com sucesso de público.

“Superou nossas expectativas. Organizamos um evento pensando na família e foi isso que presenciamos, famílias inteiras visitando. Isso mostra a importância da associação e o potencial da nossa exposição para o município”, diz o presidente da Associação Orquidófila de Chapecó, Jean Kovaleski. Na exposição os visitantes puderam tirar dúvidas com relação ao cultivo, visitar o setor de exposição de plantas, adquirir insumos, acessórios e plantas da melhor qualidade produzidas por produtores de Santa Catarina, Paraná e São Paulo.

Mais de 6 mil pessoas visitaram o evento, entre elas associações vindas de Palhoça, Blumenau, Santa Cruz no Rio Grande do Sul e do Paraná. O colecionador e cultivador Anderson Hidecki Shitara, expôs pela terceira vez no evento. O cultivador veio de São Carlos (SP) e além de comercializar suas plantas ele expôs o que de mais bonito é cultivado em seu orquidário, uma delas recebeu o troféu de mais bela planta da espéciePaphiopedilum Philipinense, a popular Sapatinho de Bigode. “Participo de mais de 30 feiras e exposições por todo o país, e posso afirmar que a de Chapecó está entre as cinco melhores e mais organizadas feiras específicas de Orquídeas”, comenta.

Quem também visitou a exposição foi o casal, Salete Carraro e Moacir Carraro que cultivam orquídeas em árvores há mais de 20 anos. O cultivo se tornou tradicional na família, hoje os irmãos e sobrinhos levam as plantas para a chácara do casal para prosperar no cultivo. “Elas se tronaram parte da nossa família. Cultivar orquídeas é uma terapia”, conta Salete. Para Moacir a exposição é um espaço para renovar conhecimentos. “É a nossa primeira vez na exposição, e ficamos surpresos com o clima de amizade e carinho que é repassado aqui. Certamente estaremos aqui nas próximas edições”.

A floração, o formato, a textura, a simetria, a coloração da flor e a qualidade do vegetal cultivado são alguns dos detalhes observados pelos cultivadores e que são determinantes na hora de definir as plantas que farão parte da exposição. “É por esse motivo que quem visita nosso evento se surpreende e quer fotografar, cheirar e ficar horas observado o que de mais belo produzimos aqui”, reitera o presidente da ASSOC, Jean Kovaleski.

A 11° edição da Exposição de Orquídeas já tem data para acontecer, e será de 23  25 de agosto de 2019.

FONTE: Flavia Mota