CHAPECÓ
Destaques Acusado de ser mandante de homicídio é preso em Nova Erechim

Acusado de ser mandante de homicídio é preso em Nova Erechim

8729

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Polícia de Nova Erechim/SC, com apoio da Delegacia de Saudades e do Setor de Investigação e Capturas de Pinhalzinho, cumpriu na manhã de hoje, 22/03/2019, mandado de prisão preventiva em desfavor de J. T., de 65 anos, suspeito de ser o mandante do homicídio praticado em 01/03/2019 neste município.
Segundo as investigações, naquela manhã, a vítima, um homem de 64 anos, saiu sozinho para pescar no Rio Chapecó (Linha Navegantes). Após horas sem retornar para casa nem dar notícia, a família passou a realizar buscas para encontra-lo, o que somente conseguiram já na madrugada de 02/03/2019, quando localizaram o corpo dentro do rio.
Acionados, Polícia Civil, PM, Bombeiros, IGP e IML estiverem no local – de muito difícil acesso -, em que foi constatada a morte, sem qualquer indício de quem pudesse ser o autor.
Diante disso, foi instaurado inquérito policial para apurar o fato, quando então, após a realização de inúmeras diligências, logrou-se êxito na identificação do autor, L. C., de 52 anos, que confessou o crime.
O autor alegou que haviam os dois combinado de ir pescar juntos. Contudo, já no local, durante a atividade, acabaram se desentendendo, oportunidade em que teria desferido duas pauladas na cabeça da vítima, que veio a óbito no local, com várias lesões na cabeça. Após o crime, o autor fugiu do local.
Com o prosseguimento das investigações, porém, descobriu-se que na verdade L. C. recebeu a quantia de R$2.000,00 de J. T. para a execução do crime. J. T. e a vítima tinham há alguns anos desavenças em razão de questões pessoais. J. T. admitiu que pagou L. C., mas que sua intenção era de apenas dar um “susto” na vítima.
O mandante foi preso na manhã de hoje e encaminhado à Unidade Prisional Avançada de Maravilha. O executor, que já havia sido preso em 08/03/2019 pela Polícia Civil de Pinhalzinho, segue preso em Maravilha.
Os dois foram indiciados por homicídio qualificado.

Fonte: Policia Civil

Secured By miniOrange