CHAPECÓ
Início Geral Administração de Chapecó adota medidas para enfrentar nova variante e aumento de...

Administração de Chapecó adota medidas para enfrentar nova variante e aumento de casos da Covid

9026

A confirmação de que um morador de Chapecó, de 24 anos, que mora na Efapi, contraiu a variante Delta da Covid, além do aumento dos casos positivado da Covid, que no final do mês passado estavam abaixo de 400, para 705 nesta terça-feira, levaram a Administração Municipal a adotar uma série de medidas.
Já na manhã desta terça-feira foi realizada uma reunião do Comitê de Enfrentamento à Covid, para avaliar a situação. Depois foi realizada uma reunião do prefeito João Rodrigues com a equipe diretora da secretaria de Saúde. E no final da tarde, novas medidas foram anunciadas em transmissão pelas redes sociais.
O prefeito João Rodrigues disse que, ainda na manhã desta quarta-feira, será feita uma reunião com representantes das agroindústrias, para tratar da falta de adesão à vacinação de funcionários. Informações da Vigilância em Saúde dão conta de que esse número passa de dois mil em apenas um frigorífico.
“Nós vamos levar a vacina até a agroindústria e quem não quiser vacinar terá que assinar um termo de responsabilidade. Deste o início do ano nós estamos fazendo de tudo para enfrentar a Covid, seja tratamento, teste ou vacinação. Neste momento queremos alertar a população para que aumente os cuidados. Nós não vamos fechar nada, mas a partir de quinta-feira vamos fazer uma vistoria mais rigorosa nos estabelecimentos noturnos e nas festas. Pode abrir mas sem aglomerar e dentro das regras”, disse o prefeito.
O secretário da Saúde, Luiz Carlos Balsan, disse que foi colocada uma das unidades móveis junto ao Ambulatório Verdão, para fazer testagem. A outra unidade de testagem é a UPA-24h.
“Nós mudamos o fluxo. Primeiro testamos e depois encaminhamos os positivados de Covid para o atendimento médico, que são 20% dos testados. Os outros 80% serão atendidos nas outras unidades”, disse Balsan.
O gerente de Vigilância em Saúde, Rodrigo Momoli, reforçou a importância da vacinação, tanto de primeira quanto segunda dose. O diretor técnico da secretaria de Saúde, João Lenz, afirmou que a variante Delta não é mais agressiva do que a P1, variante que já foi identificada em Chapecó, no início do ano, mas tem maior transmissibilidade. Ele afirmou que o aumento de casos pode estar associado à nova variante. O secretário-adjunto da Saúde, Nédio Conci, também participou da transmissão.
Ao final o prefeito João Rodrigues informou que também nesta quarta-feira terá uma reunião com a direção do Hospital Regional do Oeste para tratar do mutirão de seis mil cirurgias eletivas, que estão represadas pela pandemia.

Fotos: Leandro Schmidt