ALESC arquiva pedido de impeachment do governador Carlos Moisés e da vice Daniela Reinehr

10005

O presidente da Assembleia Legislativa do Estado, deputado Júlio Garcia, rejeitou o pedido de impeachment do governador Carlos Moisés e da vice Daniela Reinehr, protocolado pelo defensor público Ralf Zimmer Júnior.

De acordo com as informações, a decisão tem como base um parecer da Procuradoria da Assembleia Legislativa e considera a ausência de requisitos essenciais.

A decisão foi tomada após entrevista dada pelo presidente da ALESC já antecipando a sua posição contrária aos encaminhamentos para formação de uma comissão.

No mesmo encaminhamento, Júlio Garcia disse que a ausência de requisitos essenciais de admissibilidade se refere apenas ao governador e a vice.

Os fatos atribuídos ao secretário Jorge Tasca e a Procuradora Geral do Estado, Célia Iraci da Cunha, ainda estão sob análise. O assunto gerou muita polêmica e discussão junto a classe política nas últimas semanas. Aliados do governo do estado estavam preocupados com a situação.

Entretanto, depois de apresentar toda a defesa, Garcia decidiu com base em parecer rejeitar o pedido.