CHAPECÓ
Notícias Animal silvestre, macaco-prego, é encontrado morto as margens de rodovia em São...

Animal silvestre, macaco-prego, é encontrado morto as margens de rodovia em São Domingos

9768

A guarnição do ABTR-136 foi acionada para um possível atropelamento de animal silvestre, na SC-480, em São Domingos/SC, avistado pelo grupo “Amigos do Pedal”, da cidade de Ipuaçu. Ao chegar ao local da ocorrência, verificou-se que se tratava de um macaco-prego, morto, sem quaisquer lesões aparentes. Por tratar-se de um macaco, animal que potencialmente indica a presença de febre amarela, a Secretaria de Estado da Saúde foi acionada para realizar o recolhimento do animal e, posteriormente, com o auxílio da guarnição, as análises adequadas.

Diante do ocorrido, salienta-se a importância em manter esses animais sadios e em ambientes protegidos. A detecção da morte de macacos, e a potencialidade de estarem acometidos pela febre amarela, sinaliza a presença do vírus na região, dando tempo para que o poder público possa tomar as medidas de controle cabíveis.

Além disso, é importante destacar que os MACACOS NÃO SÃO OS RESPONSÁVEIS PELA TRANSMISSÃO a humanos. A febre amarela é TRANSMITIDA POR UM MOSQUITO infectado pelo vírus, onde os insetos dos gêneros Haemagogus ou Sabethes picam macacos com a doença e, então, podem passá-la a seres humanos nas redondezas.

Caso você encontre macacos mortos ou doentes, informe o serviço de saúde municipal ou estadual. Garantir a preservação da fauna e da flora e, neste caso, a vida dos macacos no meio ambiente, assegura que ações de prevenção sejam devidamente elaboradas. Ademais, matar animais é considerado crime ambiental pelo Art. 29 da Lei n° 9.605/98.

Os macacos são aliados da saúde no combate à febre amarela!
Fonte: Cobom

Secured By miniOrange