Aplicativo de viagem exclusiva para mulheres chaga em Chapecó

APP traz segurança tanto para a motorista quanto para a passageira.

9875

O aplicativo Yes Já, foi desenvolvido para atender somente mulheres. A iniciativa se deu pelos relatos de aumento no número de reclamações das mulheres, tanto motoristas quanto passageiras, em relação a assédio, desrespeito, insegurança, além de muitos casos que não são relatados por medo. Uma pesquisa realizada, pelo Institutos Patrícia Galvão e Locomotiva em parceria com uma empresa de transporte por aplicativo, aponta que 97% das mulheres que usam aplicativos já foram vítimas de assédio durante as viagens. Outras 71% conhecem alguma mulher que já sofreu algum tipo de assédio no transporte.

A motorista de aplicativo Fernanda Moretto, trabalha nesta área há cinco meses e relata que já passou muito medo durante as viagens, principalmente quanto transporta homens: “eles são muito mais fortes que as mulheres, então querendo ou não depois que ele está dentro do carro, sentado atrás de mim, eu não tenho mais uma visão completa do que ele vai fazer, ele pode me agarrar, me segurar”, afirma a motorista.

Por isso o aplicativo Yes já tem várias funcionalidades para dar mais segurança, tanto para a motorista quanto para a passageira, como favoritar a motorista, agendamento de viagem e botão pânico. De acordo com a empresária e apoiadora do projeto Branca Rubas, as mulheres podem acionar o “botão pânico” a qualquer momento, seja em situação de assalto, acidente ou alguma situação constrangedora.  “Ao acionar essa opção, o aplicativo gera uma mensagem automática para a central do App, além de ter a opção de acionar imediatamente a Polícia”.

A Yes Já começou a funcionar em Chapecó na última quarta-feira (21) e está disponível para sistemas IOS e Android, na Play Store e também na Apple Store.

FOTO: Fernanda Moretto – Motorista  de aplicativo

Crédito Foto: Ana Júlia Busa

Darlei Luan Lottermann