CHAPECÓ
Notícias Após piada de humorista Léo Lins, Prefeitura de Chapecó manifesta repúdio

Após piada de humorista Léo Lins, Prefeitura de Chapecó manifesta repúdio

No ano passado, humorista havia feito piadas com o acidente aéreo da Chapecoense.

9187

Nesta quinta-feira (16), a prefeitura de Chapecó divulgou uma nota onde manifesta tristeza e repúdio à publicação do humorista Léo Lins no Instagram. Na quarta-feira (15), o humorista publicou uma piada com uma sugestão para o combate ao coronavírus, onde citou que o município de Santa Catarina não teria importância.

“Minha sugestão é o seguinte, que tal acabar com a quarentena em cidades que não tem importância tipo Campos dos Goytacazes, Umuarama, Chapecó… E ai observamos, se morrer muitas pessoas mantemos a quarenta, se forem so alguns vamos voltando aos poucos. Creio quem acim todxs sai ganhano”, publicou Léo Lins.


Foto: Reprodução/Instagram/@leolins

O humorista Léo Lins também causou polêmica após fazer piada com a tragédia da Chapecoense. Em novembro de 2018, em um vídeo publicado no seu canal do Youtube ele disse: “Pelo menos ele morreu depois de comer coisa boa. Não foi como os jogadores da Chapecoense, que era comida de avião”, disse Léo Lins em comparação entre o assassinato do jogador Daniel, ex-São Paulo e a tragédia da equipe catarinense.

Em fevereiro de 2019, o humorista participou do canal Castro Brothers, onde fez mais uma piada sobre a tragédia. Em uma brincadeira de trocadilho, Léo Lins falou:

“Qual o pão que caiu no chão? O pão de Chape.”

Confira a nota da Prefeitura de Chapecó

NOTA À IMPRENSA

Ref.: comentário do humorista Léo Lins

Chapecó, 16/04/2020, quinta-feira – A Administração Municipal vem a público manifestar sua tristeza e repúdio ao conteúdo de mau gosto divulgado pelo humorista Léo Lins esta semana em seu perfil no Instagram.

Utilizando de um momento de fragilidade e medo que o mundo inteiro está enfrentando por conta do coronavírus, o comediante cita o nome de Chapecó e de outras cidades brasileiras de maneira fria e irresponsável para fazer piada. Atitude como esta não motiva sorrisos ou alegria de ninguém, apenas atinge em cheio uma população de maneira baixa e cruel.

Esta não é a primeira vez que o comediante usa o nome de Chapecó de maneira sádica para fazer o que ele chama de “humor”. Tal fato que se repete agora, nos entristece profundamente, pois a nossa cidade e o povo chapecoense, mundialmente conhecidos pela união e solidariedade, não merecem ser citados desta maneira.

Desta forma, acreditando sempre que a justiça deva prevalecer e que as redes sociais devam ser usadas para disseminação de conteúdos construtivos e positivos, a Administração Municipal já registrou ao Instagram uma denúncia por conta do conteúdo impróprio, ofensivo e cyberbullyin (assédio e agressão moral por meios digitais).

Para nós chapecoenses, o trabalho árduo no combate ao covid-19 prossegue. Em Chapecó não medimos esforços para garantir a saúde e segurança do nosso povo que tanto nos orgulha.

O humorista Léo Lins Foto: Divulgação

Clirdc