CHAPECÓ
Notícias Após sentença anulada, homem é condenado em Maravilha

Após sentença anulada, homem é condenado em Maravilha

8448
O Tribunal do Júri realizou na quinta-feira (5) o julgamento de Luiz Carlos Ribeiro, que foi condenado pela morte de Artur Vitor Rigotti, ex-diretor de esportes de Maravilha/SC e morador de São Miguel da Boa Vista. O crime foi em 2015 em São Miguel da Boa Vista.

De acordo com as informações levantadas pelo jornalismo da Rádio Líder, o acusado foi condenado a 12 anos de prisão, em sentença lida pelo juiz Guilherme Augusto de Gouvêa. O júri iniciou às 8h de quinta-feira e encerrou ás 20h30 no Fórum de Maravilha. Também atuaram no júri desta semana o promotor de Justiça Marcos Schlickmann Albertoni, e o assistente acusação Daniel Decesaro.

Ainda cabe recurso da decisão.
 
JULGAMENTO ANULADO
O homem foi julgado nesta semana após ter sido absolvido pelos jurados no primeiro julgamento, em setembro de 2017. Naquele ano, os jurados entenderam que o acusado não teve a intenção de matar Rigotti. No entanto, a sentença foi anulada anos depois a pedido da acusação. Assim, o julgamento foi realizado novamente e, desta vez, o acusado foi condenado. 
Fonte: Ederson Abi/Rádio Líder/WH Comunicações
Secured By miniOrange