Atividade física é essencial no combate à pandemia

8684

Que a prática de atividade física é essencial para a saúde física e mental não é novidade para ninguém. Em tempos de cuidados com a contaminação pelo novo Coronavírus, os exercícios físicos regulares se destacam no fortalecimento do sistema imunológico. A indicação é do Núcleo de Academias da Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC).

De acordo com a coordenadora do Núcleo, Angélica Filippini, as academias se mobilizaram para o retorno às atividades durante a quarentena, por considerarem importante a continuidade da prática orientada de exercícios físicos e também para a sobrevivência econômica das empresas.

Os profissionais de educação física das academias, escolas de natação e grupos de corridas integrantes do Núcleo da ACIC têm em sua prática rotineira o cuidado e a responsabilidade na manutenção da saúde e prevenção a doenças. “O setor está preparado para atender com segurança e qualidade os praticantes de atividade física, seguindo todos os padrões de higiene e de limpeza recomendados pelas autoridades sanitárias”, enfatiza Angélica, acrescentando que as academias do Núcleo estão cumprindo rigorosamente as determinações. “Não compactuamos com atitudes onde ocorre o descumprimento das normas, seja no nosso setor ou em outros”.

Foto: MB Comunicação/Divulgação

Durante o período em que ficaram fechadas, as empresas promoveram aulas online, lives e outras ações para que os alunos pudessem se manter ativos mesmo em casa. Com a reabertura, algumas mantêm ações nesse sentido, visando atender as pessoas que estão no grupo de risco ou que por apresentarem sintomas gripais não podem frequentar as academias.

A dona de casa Rosilei de Fátima Rodrigues Pereira integra o grupo de risco, pois tem bronquite asmática. Ela frequenta a Alive Academia e segue com as atividades em casa, com monitoramento por meio de lives, vídeos e exercícios escritos. “Estou fazendo polichinelo, abdominais, agachamentos. Nos treinos uso os pesos que tenho em casa e faço corridas na chácara. Está sendo bom porque não posso ir para a academia ainda, mas preciso me cuidar. Todos temos que fazer a nossa parte. Os professores estão dando uma atenção bem especial”, comenta Rosilei.

PREVENÇÃO

De acordo com a literatura científica, a prática de atividade física orientada aumenta a resposta imunológica, reduz os efeitos de comorbidades, diminui o número de pessoas nos postos de saúde e tem efeito benéfico contra as implicações estressantes do isolamento social e das notícias alarmantes.

Angélica explica que o sistema imunológico é constituído por células e moléculas que desempenham o papel de proteção ao organismo contra a ação de bactérias, vírus e fungos. “Entre as formas de incrementar esse sistema, destaca-se a prática de atividades físicas. O estímulo aos sistemas muscular e cardiorrespiratório, induzem as células imunes a deixar seus locais de origem, como pulmão e baço, passando a circular pelo corpo aumentando a capacidade de combate à possíveis patógenos, fortalecendo a resposta das defesas do organismo. Exercitar-se de maneira orientada e adequada de 30 a 60 minutos por dia é o suficiente para desencadear essa resposta imune”, conclui Angélica.