CHAPECÓ
Notícias Aumenta para 23 o número de mortos em desabamento de prédios no...

Aumenta para 23 o número de mortos em desabamento de prédios no Rio

9814
Os bombeiros encontraram neste domingo o corpo da última pessoa que estava na lista de desaparecidos nos escombros de dois prédios que desabaram em Muzema, comunidade na zona Oeste do Rio de Janeiro. Com isso, chega a 23 o número de mortos na tragédia que ocorreu na sexta-feira da semana passada. De acordo com a Corporação, o corpo foi encontrado por volta de meia-noite e trata-se de uma mulher. No último sábado, equipes dos bombeiros retiraram os corpos de mais duas duas crianças, do sexo masculino.

Investigação 

A delegada Adriana Belém, titular da 16ª Delegacia de Polícia (Barra), pediu e a Justiça decretou a prisão de três pessoas ligadas ao desabamento dos dois edifícios na comunidade da Muzema. Ela explicou que o pedido à Justiça só foi possível a partir dos depoimentos de algumas testemunhas, ocorridos ontem, que reconheceram os três. Todos foram indiciados por homicídio doloso.
“Nós tínhamos a informação de que seriam eles. Ontem foi o nosso primeiro contato com as vítimas, que em princípio resistiam, por motivos óbvios, mas confiaram no nosso apelo, foram lá e reconheceram. Nós pedimos a prisão desses três, que foram efetivamente reconhecidos, como o construtor e dois vendedores”, explicou a delegada.

Prédios

Os dois prédios que desabaram em Muzema eram irregulares e tiveram as obras interditadas em novembro do ano passado, segundo a Prefeitura do Rio de Janeiro. A região é uma APA (Área de Proteção Ambiental) e os prédios ali construídos não respeitam a legislação em vigor, disse a prefeitura. Segundo o órgão, a área é dominada pela milícia. Em razão disso, “os técnicos da fiscalização municipal necessitam de apoio da Polícia Militar para realizar operações no local”.
Fonte:Correio do Povo/AFP
Foto: Carl de Souza / AFP / CP
Secured By miniOrange