CHAPECÓ
Início Geral Banco da família cria mascote para usar em ações de conscientização sobre...

Banco da família cria mascote para usar em ações de conscientização sobre saneamento básico

9103

Interrompidas em 2020 por causa da pandemia, as ações de conscientização sobre a importância do saneamento básico promovidas pelo Banco da Família vão ser retomadas. A novidade é a participação da Famy, mascote criada pela instituição para interagir com crianças e pré-adolescentes, dando a eles conhecimento para se tornarem agentes da mudança em suas famílias e comunidades.

Famy é uma pré-adolescente criada com base nas heroínas e heróis dos games e desenhos animados atuais, personagens com presença física, olhos grandes, sobrancelhas marcadas e muita atitude para causar impacto. “Ela vai falar diretamente com a geração em idade escolar, que têm grande poder de conscientização junto às mães e pais. Vemos nessa turma um potencial muito forte para alertar as famílias sobre a importância da água potável e do saneamento para garantir a saúde de todos e a sustentabilidade do planeta”, explica a presidente do Banco da Família, Isabel Baggio.

O nome da personagem tem origem na palavra “família” e foi sugerido por Daiane Caroline e Aline Renata, colaboradoras da instituição na agência de Curitibanos (SC), que venceram um concurso interno. “Atuando como agente de transformação social, nossa mascote está alinhada com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU e veio para apoiar nosso trabalho em busca da melhoria na qualidade de vida”, conta Isabel.

Famy estará em todos os materiais promocionais e didáticos que o Banco da Família utiliza nas ações gratuitas que promove em escolas, centros de referência da assistência social (CRAS), associações de moradores e entidades semelhantes. A intenção é inovar a forma de transmitir conhecimento, oferecendo conteúdos relevantes, criando um “novo olhar” para a questão do saneamento básico nos 172 municípios onde a instituição está presente em Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul.

Patrocinada pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), a criação de Famy tem outro objetivo. Além do foco no público infanto-juvenil, a personagem está presente na capacitação dos colaboradores do Banco da Família. A ideia é que a mascote também sirva para sensibilizar os agentes de crédito e demais integrantes da instituição. Isso amplia as formas de convencimento das famílias atendidas por eles sobre a importância do saneamento básico.

Atuando desde 2016 em atividades relacionadas à essa questão, a instituição com sede em Lages (SC) também tem como parceiros a Water.Org, organização não governamental criada pelo ator Matt Damon, que atua para possibilitar acesso à água tratada, coleta e tratamento de esgoto em comunidades carentes; e o Instituto Trata Brasil, principal entidade do Brasil no setor.

Sobre o Banco da Família

Fundado em 1998 como um movimento da Associação Empresarial de Lages (SC), o Banco da Família surgiu em um momento de depressão econômica da região e, desde então, mantém como propósito impulsionar negócios de micro ou pequeno porte. Adotando um modelo enxuto e sustentável, ganhou musculatura ao atrair novos parceiros e implementar a diversificação de produtos ao longo dos últimos 23 anos. A instituição tem clientes em 172 cidades dos três estados do Sul e é, segundo a Associação Brasileira de Entidades Operadoras de Microcrédito e Microfinanças (Abcred), a maior instituição de microfinanças do Sul do Brasil. Em sua história de duas décadas já concedeu mais de R$ 1 bilhão em crédito em cerca de 400 mil operações que impactaram mais de 1,3 milhão de pessoas.

Alessandro Bonassoli