Bombeiros catarinenses ajudam a localizar corpos em Brumadinho

9889

Bombeiros de Santa Catarina que chegaram na quinta-feira em Brumadinho-MG, onde estourou uma barragem de contenção da Vale do Rio Doce, causando mais de cem mortos, além de mais de duzentos desaparecidos, já auxiliaram na localização de corpos, com o auxílio de cães farejadores.

O cabo Ronaldo Fumagalli foi o primeiro catarinense a localizar um corpo com o auxílio do cão Hunter, de Curitibanos.

– O cenário é devastador, dentro de uma área gigante. O mais difícil é a lama para nós e para os cães. Já localizamos corpos e segmentos de corpos. Com certeza é uma ocorrência que vai nos marcar pela destruição e quantidade de vítimas – destacou.

O cabo Jaques Douglas Romão destacou que o trabalho tem como objetivo auxiliar as famílias que estão sofrendo com a tragédia.

– É um cenário desolador, de uma magnitude muito grande de destruição. Estamos procurando realizar o melhor trabalho para trazer conforto para as pessoas que estão com parentes e entes queridos desaparecidos. A dificuldade é muito grande pois é muita lama, muita água e muitos rejeitos – disse.

O comandante dos Bombeiros de Xanxerê, tenente-coronel Walter Parizotto, disse que essa equipe com 10 bombeiros deve voltar no dia 7 de fevereiro e uma nova equipe, com 12 bombeiros, predominantemente das regiões de Xanxerê, Chapecó e São Miguel do Oeste, vai se deslocar para Brumadinho.

​FONTE: NSC