Campeão Mundial de Tiro Prático treinará atletas em Chapecó

8267

Atletas do tiro prático receberão o campeão mundial da categoria para um treinamento nos dias 28, 29 e 30 de outubro do corrente ano. Jorge Ballesteros é espanhol, tem 36 anos de idade e pratica o tiro prático desde os 16 anos. Ao longo da carreira sagrou-se campeão mundial da divisão open na França, em 2017.
Foi 3 vezes campeão Europeu da divisão open (2019, 2016, 2013) e 16 x campeão espanhol da divisão open. É com essa incrível bagagem que Ballesteros desenvolverá um curso de alto nível técnico, durante 3 dias, onde serão abordados aspectos teóricos e práticos com objetivo de aprimorar detalhes e aumentar o rendimento dos participantes.

Onde ocorrerá: Clube do Nino, Acesso Fidelis Libero Grando, Chapecó – SC (caminho do Distrito Industrial Flávio Baldissera).
Quando: 28, 29 e 30/10/2019, período diurno.

O que é o Tiro Prático – IPSC

IPSC são as siglas de Internacional Practical Shooting Confederation, em tradução livre, Confederação Internacional de Tiro Prático. Atua no tiro dinâmico com armas curtas, rifle, espingarda e air soft.
No tiro prático, o atleta precisa balancear precisão, potência e velocidade. Atira-se em alvos de papel, alvos móveis, alvos metálicos, evitando alvos de penalidade ou coberturas, transpondo obstáculos, movendo-se, criando estratégias de modo que se torna um desafio não apenas para que atira, mas também para quem assiste. O desempenho do atleta é avaliado pista por pista, através da divisão da pontuação pelo tempo.
Assim, quanto maior a pontuação e menor o tempo, maior o índice de desempenho do atleta. O IPSC tem regras únicas, seguidas por todas as Confederações e Clubes filiados ao redor do mundo. As armas utilizadas são variadas, e separadas por divisões. Participam desde armas “saídas da caixa”, ou seja, sem modificações alguma, até armas totalmente customizadas e melhoradas para a prática do esporte.
No Brasil, para participar de qualquer modalidade esportiva ligada ao tiro, a pessoa deve estar devidamente registrada no Exército. Através deste registro o atleta pode adquirir e registrar armas para a prática esportiva, bem como adquirir munição, efetuar recarga e transporta-los para treinamentos e eventos esportivos.