CHAPECÓ
Notícias Casal é preso por morte de homem a facadas em Piratuba

Casal é preso por morte de homem a facadas em Piratuba

9659

A Polícia Civil de Capinzal e Piratuba/SC cumpriu na tarde desta quarta-feira (3) mandados de prisão preventiva do casal que praticou o homicídio de Alexandre José Souza de Oliveira, 33 anos, natural de Caçador/SC. O crime ocorreu no dia 5 de julho, mas o corpo só foi localizado cinco dias após em Linha Santana, interior de Ipira/SC.

A prisão preventiva foi decretada pelo Poder Judiciário, que acolheu os argumentos apresentados pelo delegado da Comarca de Capinzal, Gilmar Bonamigo, e do pelo Ministério Público.

A mulher se apresentou à Polícia no dia 13 de julho, quando confessou ter matado Alexandre a facadas no interior de seu apartamento após uma discussão. Ela relatou que teve ajuda do ex-companheiro, pai de seu filho, para ocultar o cadáver. Ambos enrolaram o corpo em um cobertor e o esconderam no banheiro para que a criança não tivesse acesso. No dia seguinte eles levaram até o local, onde cobriram com uma lona.

O corpo da vítima apresentava cerca de 40 ou 50 perfurações superficiais. Um golpe na altura do pescoço pode ter sido a causa da morte, pois atingiu a veia aorta.

A autora alegou que matou Alexandre, com quem conviveu por cerca de três meses, devido ao sofrimento psicológico, cárcere privado e ameaças. Segundo ela, a vítima fazia constantes ameaças a sua vida e a vida de seu filho.

“A investigação contraria a versão apresentada pela autora”, informou delegado Bonamigo. De acordo com ele, surgiram elementos indicativos de uma motivação possivelmente patrimonial, mas que dependem de uma sequência de novas diligências.

Os suspeitos foram encaminhados ao Presídio Regional de Joaçaba, onde se encontram à disposição da Justiça. O casal deve responder pelo crime de homicídio, ocultação de cadáver e fraude processual, devido a descaracterização da cena do crime.

Secured By miniOrange