Chape larga na frente na briga por vaga na final

8345

A Chapecoense entrou em campo na noite deste domingo (02), na Arena Condá, para disputar contra o Criciúma os primeiros 90 minutos da semifinal do Campeonato Catarinense. Com desempenho consistente, a equipe alviverde foi superior durante toda a partida e confirmou a vitória com um golaço de Paulinho Moccelin. Com o resultado positivo, a Chape larga na frente na busca pela vaga na decisão e tem a vantagem do empate para o jogo de volta, que acontece na próxima quarta-feira (05), no Heriberto Hülse.

A partida: 

Com a postura defensiva do adversário, o início de partida na Arena Condá foi marcado pelo equilíbrio. Com dez minutos de bola rolando, a Chape teve a sua primeira oportunidade, com Matheus Ribeiro invadindo a área e finalizando, de canhota, para a defesa do arqueiro do Criciúma. Assumindo o domínio das ações da partida, o Verdão voltou a assustar aos 19, com Denner avançando sozinho e chutando colocado, mas a bola tirou tinta da trave e saiu pela linha de fundo. Aos 32, foi a vez de Ezequiel mandar uma bomba em direção ao gol, para nova defesa de Agenor. Quem também arriscou da intermediária, aos 39, foi Matheus Ribeiro, que mandou, rasteira, muito perto do gol.

Apesar da pressão verde e branca no primeiro tempo, o gol ficou reservado para a parte final do embate. E bastou um minuto da etapa complementar para que Paulinho Moccelin abrisse o placar para o Verdão. O camisa 94 recebeu na medida de Denner, invadiu a área, se livrou da marcação e finalizou com muita categoria, sem chances para o goleiro. Melhor no embate, a equipe alviverde teve a oportunidade de ampliar aos 44, com Foguinho aproveitando a sobra e chutando na rede, mas pelo lado de fora, e aos 49, com Alan Grafite disparando em contra-ataque e finalizando para defesa do arqueiro Agenor.

Palavra do comandante: 

Após a partida, o técnico Umberto Louzer avaliou de forma positiva o desempenho da equipe e projetou o jogo de volta. “Foi um jogo equilibrado, difícil. A gente sabia que ia enfrentar dificuldade até mesmo pelo espaço de tempo de uma partida pra outra, porque o jogo contra o Avaí foi um jogo que nos exigiu muito. (…) Parabenizar os atletas que se superaram mais uma vez, conseguiram mais uma vitória. Agora é recuperar, ter um carinho maior com aqueles que saíram com dores localizadas, para que a gente possa criar a melhor estratégia e sair de Criciúma classificados” finalizou.

Próxima partida:

O jogo de volta da semifinal do Campeonato Catarinense acontece na próxima quarta-feira (05), às 21h30, no Heriberto Hülse.

Por Alessandra Seidel