CHAPECÓ
Início Destaques Cidade do Idoso recebe visita em Chapecó

Cidade do Idoso recebe visita em Chapecó

9192

Representantes da cidade de Nova Petrópolis – RS, estiveram na segunda-feira (17) na Cidade do Idoso em Chapecó/SC. As 45 pessoas vieram conhecer o serviço e atendimento realizado em Chapecó. A comitiva foi recepcionada pela Secretária de Assistência Social, Ulda Baldissera e pela coordenadora da Cidade do Idoso, Ivete Scapinello que mostraram todas as dependências e o trabalho realizado no local com o público da terceira idade.

Cidade do Idoso

Surgida há 11 anos, a Cidade do Idoso é um espaço pensado para atender os chapecoenses com mais de 60 anos, visando trazer qualidade de vida, bem estar e atendimento especializado para aqueles que muito já fizeram por Chapecó. Atualmente, mais de 2.150 idosos estão cadastrados para participar da Cidade do Idoso, um serviço mantido pela Administração Municipal, por meio da Secretaria de Assistência Social. Visa trazer qualidade de vida aos idosos em um espaço pensado e direcionado aos idosos, com atividades físicas e troca de experiências. O horário de atendimento é das 08 às 12 e das 13 às 17 horas.

No local os usuários têm acesso à oficina de informática, sala de cine vídeo, grupo de dança, ginástica, musculação, pilates, grupo vocal, caminhada orientada, hidroginástica, Hora Cultural, Shows de Talentos, Campeonatos, Palestras Educativas, jogos de mesa (canastra, dominó, sinuca, três sete) e de bocha. Eles podem participar ainda do curso de alfabetização para idosos e recebem atendimento na área da saúde. Além disso, está instalada na Cidade do Idoso a Cozinha Comunitária. O espaço fornece gratuitamente aos idosos cerca de 250 refeições por dia. Além de todos os serviços oferecidos pelo município, tem ainda os parceiros que oferecem serviços gratuitos aos idosos.

Para participar da Cidade do Idoso é necessário ter no mínimo 60 anos. Para realizar o cadastro na Cidade do Idoso é necessário documento de identidade e comprovante de residência. Depois disso, os idosos passam por avaliação médica que direcionará cada idoso para as atividades físicas que pode realizar. Cada um idoso poderá frequentar o espaço pelo menos duas vezes por semana.

A Secretária de Assistência Social de Chapecó, Ulda Baldissera destaca que a Cidade do Idoso é um serviço mantido totalmente pela Administração Municipal e que visa trazer qualidade de vida aos idosos. “É um espaço pensado e direcionado para os idosos, com atividades que buscam o bem estar. Além das atividades físicas, a troca de experiências e as amizades construídas são importantes para eles”, comentou. O prefeito de Chapecó Luciano Buligon reforçou a importância dos idosos participarem das atividades oferecidas. “Além da Cidade do Idoso, temos os Grupos de Idosos nos bairros e a UMIC – Universidade da Melhor Idade, tudo pensado com muito carinho e respeito por aqueles que construíram a história centenária de Chapecó”, comentou.

Ser idoso em Chapecó

Além da Cidade do Idoso, os idosos chapecoenses têm diversas atividades e serviços específicos para atendimentos, entre eles o Projeto Superidade e a UMIC – a Universidade da Melhor Idade iniciou suas atividades em 2011 e é um projeto desenvolvido em parceria com a Administração Municipal, por meio da Secretaria de Assistência Social e Unoesc Chapecó. Entre as disciplinas oferecidas estão: Planejamento Financeiro e Pessoal; Relacionamento familiar e gerações; Saúde e qualidade de vida; Fotografia; Seminário I; Informática I, atividades físicas, dança, Educação Ambiental, Jogos de Tabuleiro e Iniciação ao Teatro. A UMIC tem o proposito de oferecer ensino e conhecimento as pessoas com mais de 60 anos que residam em Chapecó.

O Projeto Superidade é realizado pela Prefeitura de Chapecó, coordenado pela Secretaria de Assistência Social e oferece desde 2005 atividades como ginástica, bocha e esportes adaptados para idosos. O objetivo do projeto é promover a prática de atividades físicas e estimular uma melhor qualidade de vida. Os professores realizam com os grupos atividades de ginástica, recreação, alongamento, dança, jogos adaptados e brincadeiras. Para participar do Projeto, os idosos devem podem procurar a Secretaria de Assistência Social e fazer um cadastro. É necessário ter mais de 30 anos e ter atestado médico autorizando a prática de atividades físicas. Também é possível procurar diretamente os ginásios e centros comunitários dos bairros onde as atividades são realizadas e conversar diretamente com os professores. No projeto Superidade existem duas categorias: máster para pessoas com idade entre 30 e 59 anos e os idosos com mais de 60 anos.

Secretaria de Comunicação Social – SECOM