Delegacias de 12ª DRP de Chapecó fiscalizam mais de 520 estabelecimentos durante os primeiros 7 dias de quarentena do COVID-19.

8913

As equipes de policiais civis de todas as delegacias abrangidas pela 12ª DRP de Chapecó seguem nas ruas fiscalizando o cumprimento dos decretos estaduais 515, 521 e 525, bem como a portaria 180 da secretaria estadual da saúde, todos de 2020, e demais normas relacionadas ao combate ao novo coronavírus.
De 18/03/2020 a 25/03/2020, os policiais civis já visitaram mais de 520 estabelecimentos comerciais, determinando o fechamento de 167 locais que estavam em desacordo com as normas. As equipes percorreram os municípios de Chapecó, Guatambu, Caxambu do Sul, Planalto Alegre, Coronel Freitas, Águas Frias, Jardinópolis, União do Oeste, São Carlos, Águas de Chapecó, Palmitos, Caibi, Pinhalzinho, Saudades, Nova Erechim, Modelo, Sul Brasil e Serra Alta, e Bom Jesus do Oeste. Até agora, participaram das ações mais de 80 policiais e foram empregadas 38 viaturas da Polícia Civil.
Nos últimos dias a Polícia Civil da 12ª DRP recebeu centenas de denúncias, em todos os canais disponíveis, e segue apurando todas elas. Foram analisadas e apuradas em campo mais de 300 denúncias anônimas.
Em Chapecó as equipes de policiais civis verificaram que grande parte das denúncias era improcedente, já que a maioria dos estabelecimentos estava respeitando os decretos, seja por serem serviços essenciais permitidos (e os que atendem à sua cadeia de produção e distribuição), por estarem com efetivo reduzido, no caso das indústrias, ou por já estarem de fato fechados.
O trabalho de conscientização da Polícia Civil para que a população permaneça em casa teve especial eficácia nos registros de ocorrências. Na semana da quarentena, 304 boletins de ocorrência foram registrados, sendo que destes, 219, 72% do total, foram feitos de forma remota, pela Delegacia Virtual (https://delegaciavirtual.sc.gov.br/) e 85, 27,9% do total, de forma presencial.
Os boletins registrados online têm a mesma validade que os presenciais, e são analisados diariamente pelos policiais plantonistas e encaminhados às delegacias responsáveis pela investigação dos fatos. Neste período de quarentena, os registros de BOs presenciais em delegacias ficam restritos aos crimes mais graves: homicídio, latrocínio, sequestro e cárcere privado, furto e roubo de veículos e de cargas, estupro, lesões corporais em violência doméstica. Na CPP de Chapecó foram lavrados 8 Autos de Prisão em Flagrante no período. Os atendimentos de conduções de pessoas em situação flagrancial por todas as forças de segurança seguem ocorrendo normalmente nas delegacias em regime de plantão da Polícia Civil.
A força-tarefa da Polícia Civil no combate e prevenção ao coronavírus segue nas ruas de todo o estado de Santa Catarina. Os policiais civis mobilizados estão diariamente realizando trabalho de orientação sobre as normas e conscientização da população para que siga as medidas de segurança e prevenção ao COVID-19, até o final do período de quarentena.

Polícia Civil