CHAPECÓ
Notícias DENGUE: Infestação de alto risco em Chapecó

DENGUE: Infestação de alto risco em Chapecó

8321

O Levantamento de Índice Rápido de Aedes aegypti (LIRAa) é a metodologia recomendada pelo Ministério da Saúde para a determinação do Índice de Infestação Predial (IIP) do mosquito vetor da dengue (Aedes aegypti). Através da amostragem de imóveis do município, é possível realizar de forma imediata um diagnóstico da situação da presença do mosquito vetor na cidade.

Essa metodologia tem sido empregada em Chapecó desde 2009. A execução do LIRAa de novembro de 2019 envolveu a equipe de agentes de endemias do município. No total, 45 pessoas realizaram o trabalho de levantamento de dados, que aconteceu entre os dias 28 de outubro a 05 de novembro de 2019. Foi programada a amostragem em estratos, constituídos por 48 bairros do município.

Neste levantamento não foram incluídos os 12 bairros periféricos. Foram programadas visitas em 3.187 imóveis. Conforme a metodologia do LIRAa, são sorteados os quarteirões que serão visitados pelos agentes. Considerando as perdas devido a impedimentos (imóveis fechados ou recusados), as visitas foram realizadas em todos os imóveis abertos do quarteirão.

A amostragem do LIRAa alcançou 3.411 imóveis na cidade, atingindo 100% das visitas programadas. O resultado do levantamento realizado em novembro mostrou índice de infestação considerado de médio risco (maior ou igual a 1 a menor ou igual 3,9%). O IIP registrado na cidade foi de 2,8%. O mosquito Aedes aegypti foi encontrado, na forma de larva e/ou pupa, em 108 recipientes, dispostos em 95 imóveis. Todos os bairros amostrados estão em condições de infestação média ou alta. Esse resultado revela que o município encontra-se em alto risco para uma epidemia. Os focos estão espalhados em todos os bairros visitados.

DICAS IMPORTANTES:

  • Cuidado especial no armazenamento e destinação do lixo, mantendo-o em recipiente fechado e disponibilizando-o para recolhimento pela Limpeza Urbana na frequência usual;

 

  • Jamais descarte o lixo ou qualquer outro material que possa acumular água no quintal de casa, no quintal de vizinhos, na rua ou em lotes vagos;

 

  • Mantenha a caixa d’água sempre limpa e totalmente tampada. Além disso, mantenha as calhas livres de entupimentos para evitar represamento de água;

 

  • Elimine os pratinhos de vasos de plantas; caso não seja possível mantenha-os limpos e escovados pelo menos três vezes ao dia;

 

  • Ao trocar os pneus, deixe os velhos na borracharia, para que o destino adequado seja dado a eles;

 

  • Mantenha limpos e escovados os bebedouros de animais domésticos; a água deve ser trocada diariamente; mantenha piscinas sempre em uso e devidamente tratadas;

 

  • Atenção especial ao sair de férias para que esses cuidados estejam garantidos na ausência do morador.

 

  • Receba os Agentes de Combate as Endemias e siga as orientações repassadas pela equipe.

FONTE: Rádio Chapecó

Secured By miniOrange