Deputados homenageiam Aurora Alimentos pelos 50 anos

8278

Uma sessão especial da Assembleia Legislativa marcou as comemorações dos 50 anos de fundação da Cooperativa Central Aurora Alimentos na noite desta terça-feira (12). Iniciativa da Bancada do Oeste, o evento reconheceu a história da instituição, que completa cinco décadas com o status de maior cooperativa de alimentos do Brasil.

O deputado estadual Altair Silva (Progressistas), falou em nome dos parlamentares do Oeste e explicou que a homenagem tinha como objetivo destacar o fato de a Aurora representar uma marca de Santa Catarina no Brasil e no exterior. “Uma marca consolidada pelo trabalho, pela história, pela honestidade, pelo homem que trabalha e produz. Por quem se dedica à atividade do agronegócio. Uma marca que é um orgulho para todos nós catarinenses e, especialmente para Chapecó, que é a sede do conglomerado”, afirmou.

Altair comentou que a homenagem é justa também pela trajetória de um grupo que “nasceu do trabalho, da dificuldade, em 1969”, para chegar hoje a um faturamento de mais de R$ 10 bilhões por ano, consolidada como uma das maiores empresas de Santa Catarina, empregando mais de 29 mil colaboradores diretos e mais de 10 mil empregados das cooperativas do sistema.

Para o vice-presidente da Aurora, Neivor Canton, que representou o presidente Mario Lanznaster, a homenagem representa um reconhecimento justo, principalmente aos agricultores, às cooperativas filiadas e aos funcionários. “Não somos uma empresa que busca o lucro, somos uma cooperativa, mas que busca realizar no mercado o papel de qualquer empresa, que é produzir, obter resultados. Então, o Parlamento catarinense, ao reconhecer este trabalho, aumenta ainda mais a responsabilidade de todos nós em continuarmos a prestar um serviço confiável à sociedade brasileira e catarinense, produzir alimentos de excelência.”

Segundo o dirigente, a Aurora é sinônimo de muito trabalho e dedicação. “São cinco décadas atravessadas com lideranças muito dedicadas, sempre olhando para as necessidades principalmente dos pequenos produtores rurais, que são a maioria dos quadros das nossas 11 cooperativas. São mais de 70 mil famílias no campo e mais de 30 mil empregados em nossas unidades. Podemos afirmar com toda a tranquilidade que a Aurora passou a ser uma grande família, com mais de 100 mil famílias cuidando das famílias brasileiras e do mundo.”

Números que impressionam

Presente em várias regiões do país e em vários países, a Cooperativa Aurora faz um trabalho que inicia na propriedade do pequeno agricultor, passa pela industrialização até chegar na mesa do consumidor. Fundada em 15 de abril de 1969, a partir da iniciativa de 18 homens representando oito sociedades cooperativas, ela hoje tem uma capacidade de abate de 22 mil suínos por dia,1 milhão de aves diariamente e faz o processamento de 1,5 milhão de litros de leite a cada nova jornada.

Formado por 11 cooperativas filiadas, o conglomerado representa mais de 65 mil famílias de empresários rurais, 29 mil empregados diretos e mais de 10 mil empregados das cooperativas do sistema, num total de mais de 100 mil famílias no campo e na cidade vinculadas ao grupo que se espalha por cerca de 300 municípios brasileiros.

No ano passado, a receita bruta da Aurora atingiu R$ 9 bilhões, com crescimento de 2,5% em relação a 2017. Quase todo o volume de vendas, em torno de 76%, foi para o mercado interno e os 24% restantes para o exterior. Este ano o faturamento deve fechar a R$ 10 bilhões e, para 2020, a meta é chegar a R$ 12 bilhões.

Com desafios cada vez maiores para suprir as necessidades logísticas e de alimentação animal, como a recuperação e duplicação de rodovias, investimento em ferrovias e uma rota para a chegada dos grãos, o parlamentar acredita que a parceria entre a Assembleia Legislativa e o sistema cooperativista pode somar forças para essas conquistas.