CHAPECÓ

    Dois Homens são presos suspeitos de sequestro e estupro de vulnerável em Chapecó

    19

    O caso teve inicio no começo da tarde desta quarta-feira(04) quando uma pessoa responsável da Escola Zélia Munzi no bairro Alvorada ligou para o pai de uma aluna, E. K. M. Com 12 anos, informando que a aluna não havia entrado no colégio.

    A preocupação aumentou quando a garota não atendeu o celular, os pais começaram então a conversar com colegas que através de redes sociais chegaram a informação que a garota não tinha “desaparecido” sózinha, ela tinha se encontrado com L. G. S. com 14 anos sua colega de aula e depois disso as duas não fizeram mais contato.

    O desaparecimento tinha um motivo, na realidade dois, as duas garotas próximo da escola entraram em um carro onde estavam dois homens, V. P. com 18 anos e A. B. da S. com 21 anos e seguiram para a casa de V.P. onde passaram a noite sendo deixadas na Vila Mantelli após o meio dia de quinta-feira.

    Em diálogo com um dos acusados por um aplicativo de mensagens na noite de quarta-feira(04), o pai de E.K.M. questionou sobre o paradeiros das garotas e o mesmo negou que estaria com elas, chegou em determinado momento a indicar que elas poderiam estar em uma residência próximo ao trevo de Chapecó/SC. No retorno o pai acabou por encontrar a sua filha e a outra garota em um posto de gasolina próximo a rotatória da bandeira. Momento em que o pai comunicou a Polícia Militar que juntamente investigava para descobrir o paradeiro das garotas.

    Uma guarnição após informações levantadas pelo pai de uma das garotas e de seus colegas de aula, chegaram à residência de V.P. e o prenderam sem resistência na localidade de Rio dos Indios. A.B. da S foi preso em seu local de trabalho, ambos foram conduzidos a Central de Plantão Policial inicialmente e na sequência todos foram para a DPCAMI, onde foi registrada a ocorrência pelo delegado responsável. As garotas devem passar pelo exame de corpo de delito.

    Fonte: Desbravador

    Secured By miniOrange