CHAPECÓ
Destaques Em entrevista coletiva Polícia dá detalhes das mortes do casal que estava...

Em entrevista coletiva Polícia dá detalhes das mortes do casal que estava desaparecido em Chapecó

9979
Polícia Civil de Chapecó/SC, por meio da DIC, prende preventivamente dois suspeitos de envolvimento nos homicídio de Evanir Porres dos Santos Taborda e de Simone da Silva Fialho, que estavam desaparecidos desde o dia 20 de janeiro de 2021 e os restos mortais foram desenterrado na data do dia 19, de maio, na região do Alto da Serra, interior de Chapecó.

Imagem do chinelo da vítima SIMONE, localizado na madrugada do dia (19/05), que ensejou a intensificação das buscas naquele perímetro, inclusive com o auxílio de cão farejador do Corpo de Bombeiros.

Na coletiva, o delegado da DIC, Vagner Papini, deixou claro que no crime não teve qualquer relação passional e que a Simone foi morta injustamente, pois os suspeitos não tinham nenhuma motivo para cometer o crime. “Ela morreu por estar na companhia de Evanir”, disse o delegadoPapini.

Já a morte de Evanir ocorreu por uma questão financeira, fruto de um negócio mal sucedido. O delegado ainda descartou qualquer passionalidade no homicídio e também negou a participação da esposa de Evanir no crime.

Duas mulheres, de 25 e 35 anos, suspeitas de envolvimento na morte de Evanir e Simone, foram presas e um terceiro suspeito, um homem, de 56 anos, levou o carro que as vítimas usavam para o município de Trindade do Sul/RS, com o objetivo de dificultar a investigação da Polícia Civil e teria sido ele a pessoa que efetuou os disparos de arma de fogo que vitimaram Evanir e Simone.

Secured By miniOrange