CHAPECÓ
Notícias Filha pede socorro após ver pai morrer esfaqueado em Curitibanos

Filha pede socorro após ver pai morrer esfaqueado em Curitibanos

9993
Um homem de 45 anos foi morto a facadas na noite desta segunda-feira (28), no bairro Bom Jesus, em Curitibanos, Meio Oeste de Santa Catarina. Jocimar Dorvalino Andretti morava com a filha de 11 anos, que esquentava a janta para os dois quando um homem entrou e esfaqueou o pai no pescoço. De acordo com a Polícia Civil, nesse momento a menina saiu correndo da casa pedindo socorro. 

A identidade de Jocimar, mais conhecido como Jocy, foi confirmada pela Polícia Civil. De acordo com a delegada do caso, Bricia Costa, Jocimar morava nos fundos de uma casa, e o namorado da dona da residência é o principal suspeito pela morte.
Depoimentos dados à Polícia Civil dão conta que Jocy parou na casa da mulher para conversar. Junto no momento, o namorado dela não teria gostado da conversa e, na ocasião, segurou o braço da namorada. Jocimar voltou para a casa dele e, logo após, o suspeito foi para lá.
Segundo a delegada, eles teriam conversado e o homem perguntado a Jocy se ele e a mulher teriam algum tipo de relacionamento. Mesmo diante da negativa, o suspeito atacou Jocimar com a facadas, que atingiram o pescoço e o peito, conforme a polícia.
— Quando ele [o suspeito] começou com os golpes, a vítima mandou a menina fugir, pediu para ela correr. Daí ela saiu correndo pedindo ajuda para os vizinhos. Inclusive, uma vizinha saiu e viu o autor fugindo com a faca, então foi possível fazer a identificação dele — descreve a delegada.
A Polícia Civil prendeu o suspeito, que estava com a arma do crime, ainda na noite do ocorrido. De acordo com a delegada, o autor saiu do presídio em dezembro, onde cumpria pena por feminícidio e tentativa de feminicídio. Ele começou a namorar com a dona da residência em janeiro e, desde então, morava com ela.
De acordo com o Corpo de Bombeiros, Jocy já estava sem sinais vitais quando o socorro chegou, por volta das 22h30min. A sua filha foi encaminhada pelo Conselho Tutelar à casa de uma parente no município. De acordo com moradores, a mãe da menina morreu anos atrás vítima de câncer.
Em janeiro, Jocimar publicou em rede social uma foto com a família. “Minha princesa, a razão pela qual eu batalho e vivo. Te amo filha”, escreveu ele.
Fonte: DC
Secured By miniOrange