CHAPECÓ
Notícias Filho que matou o pai por ciúmes em Saudades é condenado pelo...

Filho que matou o pai por ciúmes em Saudades é condenado pelo Júri

9239

Um filho matou o próprio pai de 68 anos, acreditando que sua esposa estaria interessada na vítima. A denúncia consta nos arquivos do Poder Judiciário de Pinhalzinho/SC. Além do homem, a irmã e o cunhado foram esfaqueados pelo réu.

O júri popular iniciou nesta manhã de terça-feira, (26) e foi encerrado às 21h. O conselho de sentença formado por sete jurados condenou o morador a 19 anos de prisão (regime fechado), por um homicídio e duas tentativas. Atuou na acusação o Promotor de Justiça Bruno Poerscke Vieira e na defesa o advogado Luis Geraldo Gomes dos Santos.

O caso

A história trágica iniciou por volta das 17h35 do dia 10 de outubro de 2020, no Bairro Morada do Sol na cidade de Saudades (SC), conforme consta no processo judicial o acusado com sinais de embriaguez e incomodado com a presença de seu genitor em sua residência, efetuou ligação telefônica para sua mãe, exigindo que ela mandasse um táxi para buscá-lo no local.

A mulher também avisou sua filha, pedindo a ela que fosse até a casa do irmão, porque ele estava muito alterado. Quando chegou na residência, ela levou um empurrão, e foi agredida com tapa no rosto, depois jogada contra a parede, sendo atingida posteriormente com duas facadas nas costas. Nesse instante ele foi contido pelos dois familiares, quando desferiu golpe de faca em ambos e um deles certeiro na região torácica direita do seu pai que não resistiu aos ferimentos, indo a óbito.

Foto: Henrique Paulo

Secured By miniOrange