CHAPECÓ

    GOLPE NO WHATSAPP SIMULA CONSULTA PARA RESGATE DO FGTS

    8

    Um golpe está usando o saque do Fundo de Garantia de Tempo de Serviço como uma armadilha no WhatsApp. Os usuários do aplicativo recebem mensagens falsas com um link que supostamente encaminharia o trabalhador para conferir se está apto a receber RS 1.760 referente a um saldo do FGTS.

    A mensagem de texto alega que as pessoas que trabalharam com carteira assinada entre 1998 e 2016 podem receber até dois salários mínimos, por meio da Caixa Econômica Federal. A armadilha usa mensagem para atrair trabalhadores que ainda possuem dúvidas sobre o saque de contas inativas do FGTS.

    Os passos para fazer a consulta falsa, é acessar o link e responder a três perguntas: “Você trabalhou no período entre 1998 a 2016?”, “Você está registrado atualmente?” e “É maior de 18 anos”. Ao término de responder as perguntas, a vítima é encaminhada para uma nova página, onde diz a pessoa para compartilhar com dez amigos via WhatsApp para pode realizar a consulta na lista.

    Depois de enviar a mensagem aos dez contatos, o usuário precisa se cadastrar em serviços de SMS pago ou é levado a fazer o download de aplicativos falsos, que danificam o smartphone e deixa-lo vulnerável a outros tipos de crimes ou prejuízo financeiro.

    Em maio de 2017, o mesmo golpe atingiu 360 mil pessoas em dois dias. A Caixa reforça que não envia qualquer e-mail ou mensagens via WhatsApp sobre o saque de valores do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço. Ainda conforme e Caixa, os trabalhadores que caíram no golpe, precisam entrar em contato com a operadora e cancelar o serviço de SMS pago.
    Fonte: RDC