CHAPECÓ
Notícias Governador abre primeiro Encontro Estadual da Segurança que discute avanços na área

Governador abre primeiro Encontro Estadual da Segurança que discute avanços na área

9484

Cortar despesas supérfluas para que o Estado invista mais em áreas essenciais, como a segurança pública. Esta é uma das lições de casa que o Governo de Santa Catarina vem fazendo desde que assumiu, como lembrou o governador Carlos Moisés na tarde desta quarta-feira, 11, durante a abertura do 1º Encontro Estadual de Segurança: SC mais Segura, realizado em Florianópolis. O evento tem a participação do ministro-chefe da Secretaria Geral da Presidência da República, Jorge Oliveira.

Moisés mencionou ações como a venda do avião usado pelo governador, que diminui em 95% as despesas anuais com deslocamento aéreo, o uso de ferramentas digitais para agilizar e reduzir gastos na administração pública e o aprimoramento dos processos licitatórios.

“Somos um governo digital, inovador não só na tecnologia, mas nas ideias. Nossas ações nos permitem dizer que não temos acertos com ninguém, e nem favorecimentos para quem quer que seja. O dinheiro que economizamos é aplicado onde mais precisamos, como a segurança pública”, destacou.

De acordo com o governador, o novo modelo de gestão, por meio de um Colegiado Superior de Segurança Pública e Perícia Oficial, formado pelos líderes dos órgãos afins, já está aproximando as instituições entre elas e com a sociedade. “A eliminação do cargo de secretário de Segurança Pública, que costumava ser oferecido a um político, trouxe as instituições para mais perto do poder decisório, e isso tem se mostrado muito importante”, relatou.

Encontro Estadual de Segurança

O Encontro Estadual de Segurança é realizado pela Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina (Facisc) e pela Polícia Militar e vai até o fim do dia no Hotel Majestic, em Florianópolis, reunindo empresários e oficiais militares de todo o Estado. A iniciativa partiu de levantamento feito pela Facisc, que apontou a segurança pública como uma das prioridades da população.

“Este encontro tem um propósito muito especial. É o momento de deixar evidente a percepção de que segurança pública e prosperidade são duas perspectivas do Estado absolutamente indissociáveis”, frisou o comandante-geral da Polícia Militar e presidente do Colegiado Superior de Segurança Pública e Perícia Oficial, coronel Carlos Alberto de Araújo Gomes.

O presidente da Facisc, Jonny Zulauf, enalteceu as parcerias que as associações empresariais dos municípios costumam fazer com as polícias e destacou a importância de um evento que una, em uma discussão, representantes do Estado e do setor produtivo. “Estamos entre os três estados mais seguros do Brasil para se viver, e isso é motivo de orgulho para todos nós. É resultado de uma integração entre a iniciativa privada e a área pública. Queremos continuar caminhando juntos”, afirmou.

Fotos: Mauricio Vieira / Secom

Secured By miniOrange