CHAPECÓ

    Mãe e quatro filhos autistas são vítimas de tiroteio na Austrália

    25

    Sete pessoas morreram na sequência de um tiroteio num sítio na Austrália. Entre as vítimas estavam quatro crianças que eram irmãos e todos eram autistas. Outra das vítimas é Katrina, a mãe delas.

    Os corpos foram encontrados numa propriedade pertencente aos avós das crianças Cynda, Peter, Miles, e Osmington, com idades entre os oito e 13 anos.

    Mais dois adultos foram mortos, não tendo sido ainda identificados.

    No mês passado, Katrina tinha recorrido ao Facebook para se queixar do fato de o ex-marido andar a persegui-la. Isto leva a polícia a acreditar, neste momento, que poderia estar perante um homicídio seguido de suicídio.

    “Com base naquilo que sabemos até ao momento, isto é claramente uma tragédia. A polícia encontrou sete pessoas mortas. Quatro crianças e três adultos”, anunciou o comissário da polícia estatal da Austrália Ocidental, Chris Dawson.

    Este poderia vir a ser o pior tiroteio em massa na Austrália, desde que um atirador matou 35 pessoas no estado da Tasmânia em 1996, levando o país a implementar leis severas relativas ao controle de armas.

    Fonte Notícias ao Minuto
    Secured By miniOrange