CHAPECÓ
Geral Mais de 100 empresas são credenciadas no Programa Meu Crédito, em Guaraciaba

Mais de 100 empresas são credenciadas no Programa Meu Crédito, em Guaraciaba

8286

Encerrou em Guaraciaba, nesta quarta-feira (30), o credenciamento para as empresas interessadas em participar do Programa Meu Crédito.

Conforme a secretária de Indústria, Comércio, Turismo e Desenvolvimento Econômico, Laís Bianchi, foram 102 empresas, comércios e prestadores de serviço de Guaraciaba, credenciados.

A partir desta sexta-feira (02), os produtores rurais do Município, que possuem bloco de produtor rural e que emitiram notas em 2019, poderão comparecer junto à Praça Municipal, das 9h às 17h sem fechar ao meio dia, para retirar sua certidão de crédito, e gastar nas empresas credenciadas. A entrega das certidões continua no sábado (03), também na Praça Municipal, das 8h às 11h, e na próxima semana, os produtores poderão comparecer junto a Secretaria de Agricultura para retirar. A data limite para que o produtor utilize seu crédito, é dia 15 de outubro. O produtor rural deve ficar atento, uma vez que para retirar o seu crédito, é importante não ter pendências de débitos junto à Municipalidade.

Foto: Inácio Rohden

O prefeito, Vandecir Dorigon, enfatiza que o Programa Meu Crédito tem duas finalidades: premiar o produtor rural – que destaca sua nota – com uma certidão de crédito – sendo que tudo foi calculado através da emissão das notas tendo como base o ano de 2019 – e consequentemente incentivar e fomentar o comércio local – uma vez que esses valores que serão recebidos pelos produtores só poderão ser gastos no Município de Guaraciaba nas empresas que se credenciarem. “Através deste Programa pretende-se atingir o maior número possível de emissão de notas fiscais, gerando um maior movimento econômico”, ressalta Dorigon.

O agricultor poderá escolher o estabelecimento que preferir – sendo que o mesmo precisa estar credenciado – para adquirir algo do seu interesse: roupas, calçados, insumos agrícolas, produtos alimentícios, combustíveis, prestação de serviços. Na hora da compra o agricultor entregará a sua certidão de crédito e o estabelecimento irá emitir a nota. Após isso, a empresa credenciada que realizou a venda, deverá entregar a certidão de crédito juntamente com a nota fiscal na Prefeitura Municipal para que a Administração realize o pagamento direto para a empresa.

Dorigon destaca que para que os pequenos comércios possam ser beneficiados, a Municipalidade optou por fracionar as Certidões de Crédito. Como por exemplo: o produtor que receberá R$900,00 como benefício, receberá três certidões de R$300,00 – ou seja, ele poderá adquirir produtos de estabelecimentos menores, fortalecendo assim, não só os grandes estabelecimentos. “Nosso intuito é de que neste primeiro ano sejam investidos cerca de R$400 mil no Programa e são mais de 1.500 produtores beneficiados”, menciona Dorigon.

Os beneficiários terão direito ao incentivo segundo o valor de movimentação econômica anual registrada por meio da emissão de Notas Fiscais de venda de produtor rural, sendo que foi fixado o coeficiente de R$ 0,002 – dois milésimos de reais – por real de nota fiscal emitida. O valor máximo a ser pago na certidão de crédito será de até R$1.500,00 – lembrando que será apenas um benefício por CPF – e para receber algum valor – sendo estipulado o valor mínimo de R$50,00 na certidão de crédito – o produtor precisa obrigatoriamente ter movimentado o valor de pelo menos R$1.000,00 naquele ano.

Foto: Cinthia Borsatto/ Assessoria de Gabinete e Imprensa