CHAPECÓ
Plantão Policial Mandante de homicídio ocorrido em 2015 é condenado à 33 anos de...

Mandante de homicídio ocorrido em 2015 é condenado à 33 anos de reclusão

9877
Foi condenado a 33 anos de reclusão em regime fechado o homem acusado de ser o mandante da morte de Paulo César Toral, de 37 anos, ocorrida no dia 21 de fevereiro de 2015. 
A condenação se deu por infringência aos Artigos 121, parágrafo 2º, inciso ii e iv (quando o homicídio é cometido à traição, de emboscada, ou mediante dissimulação ou outro recurso que dificulte ou torne impossível a defesa do ofendido) e Art.244B do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), por “corromper ou facilitar a corrupção de menor de 18 (dezoito) anos, com ele praticando infração penal ou induzindo-o a praticá-la”.
O júri popular teve início às 8h e seguiu por toda esta sexta-feira (22) no Salão do Júri do Fórum da Comarca de São Miguel do Oeste/SC. Foi determinada a prisão do homem em plenário. Ele aguardará o julgamento interposto pela defesa nessa condição.
RELEMBRE O CASO
Conforme a denúncia do Ministério Público, na data do crime, por volta das 5h50 da madrugada, em uma rua da Comunidade Vila Nova II,  o denunciado estaria na companhia de pelo menos dois adolescentes, quando a vítima chegou ao local. Após uma discussão, Paulo Toral foi agredido inicialmente com tapas, socos e chutes. Logo após, o acusado teria entregado uma faca e obrigado um dos adolescentes a praticar o crime.
Um adolescente então desferiu uma facada no peito da vítima, que sofreu fratura nas costelas, perfuração no pulmão esquerdo e no coração. Ainda, segundo informações, após ser atingido pela facada, Paulo César Toral foi perseguido pelos adolescentes, que arremessaram pedras contra ele. A vitima caiu na via, não resistiu aos ferimentos e faleceu.
Na ficha criminal do acusado de ser o mandante deste crime, constam passagens por tráfico de drogas, roubos, furtos e homicídio.
Fonte: WH Comunicações / Camila Pompeo / Marcos Lewe