CHAPECÓ
Geral Manifesto da Cooperalfa para esta fase do Coronavirus no Brasil

Manifesto da Cooperalfa para esta fase do Coronavirus no Brasil

9709

Apoiada na transparência e no compromisso com a comunidade, visando assegurar a VIDA, reduzir impactos e manter a serenidade da população, a diretoria Executiva da Cooperalfa informa:

> A estrutura administrativa, operacional e de vendas da Cooperalfa (lojas agropecuárias, supermercados, centros de distribuição, pontos de recebimento de grãos, silos, UBS’s, UPL’s, postoa de resfriamento de leite e indústrias), atendendo orientações legais, funcionam normalmente, por sermos produtores e ofertadores de alimentos.

> Em todos os ambientes públicos da Cooperalfa, a circulação de pessoas é restrita, com no máximo 50% da capacidade, evitando aglomerações. A Cooperalfa reforça a importância de restringir ao máximo a circulação de pessoas. Ideal é ficar em casa, com rigidez nas orientações já conhecidas sobre os perigos do coronavirus.

> Associados, fornecedores e clientes devem priorizar contatos com a cooperativa via e-mail, telefone, Watts’app ou outras formas virtuais.

Medidas adotadas em 19 de março de 2020:

> Suspensas viagens interestaduais de colaboradores e terceirizados a trabalho, com exceção daquelas necessárias para trânsito e/ou alimentação de animais.

> Todos os transportadores, ao chegarem nas dependências da Alfa, devem adotar procedimentos de boa higiene pessoal e do caminhão, além de usarem máscaras.

> Fica proibido o chimarrão em todas as dependências da Alfa.

> O Uniforme dos colaboradores deve estar sempre higienizado.

> Usar água com sabão e/ou álcool em gel, sempre que tocar em objetos compartilhados, como teclados, canetas, pranchetas, entre outros. Não socializar copos e talheres.

> O pico do Coronavirus no Brasil, deverá acontecer nos próximos 10 ou 15 dias. Por isso, sempre que possível, permanecer em casa. Buscar serviço médico apenas se apresentar tosse intensa e persistente, febre alta e dificuldade respiratória. Em casos de gripe comum, deve-se buscar o ambulatório da Alfa ou resguardo em casa, sempre com excelente ventilação dos ambientes.

> A Cooperalfa disponibilizará máscaras a funcionários que atendem ao público, caso alguém solicite. O uso é obrigatório em áreas de risco de “contaminação comunitária”.

> Pacientes de risco – mesmo sendo algum familiar -, além de funcionários idosos, gestantes, diabéticos, cardiopatas e recém-operados, negociam suas situações particulares (como home office e/ou férias) com suas gerências setoriais.

Romeo Bet – Presidente Cooperalfa

Cládis Jorge Furlanetto –  1º vice-presidente Alfa

Edilamar Wons – 2º vice-presidente Alfa

Fonte: Assessoria Samara
Secured By miniOrange