CHAPECÓ
Geral Notificado pela Unesco, Cânions do Sul aguarda homologação para virar um Geoparque...

Notificado pela Unesco, Cânions do Sul aguarda homologação para virar um Geoparque Mundial

8897

O território dos Cânions do Sul está apenas no aguardo da homologação para ser considerado um Geoparque Mundial da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). A diretoria do Consórcio Intermunicipal Caminhos dos Cânions foi notificada, na última segunda, 13, pelo Conselho Global de Geoparques da organização. Desta forma, o território que integra os estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul deve ser homologado durante a próxima sessão, prevista para a primavera na Europa, em 2022.

A reunião para a indicação ocorreu na última semana, quando foram avaliadas 18 novas solicitações. Ao todo, mais de 50 observadores e representantes de mais de 30 Estados Membros participaram do encaminhamento de oito novos geoparques globais – entre eles, os Cânions do Sul. Agora, resta ao Conselho Executivo da Unesco homologar as indicações.

O presidente da Agência de Desenvolvimento do Turismo de Santa Catarina (Santur), Renê Meneses, destacou o trabalho conjunto realizado entre os municípios e também o Governo de Santa Catarina.

– Estamos há muito tempo trabalhando em conjunto com os municípios catarinenses e, de uma forma indireta, com os municípios gaúchos que também integram a região. A Santur investe há anos para que isso seja possível desde quando foi contratado o estudo de viabilidade. Então, ter agora o resultado disso é muito significativo para Santa Catarina – disse o presidente da Santur.

Recentemente, o Estado realizou melhorias na infraestrutura turística, ações preponderantes para uma possível chancela da Organização. Os investimentos na sinalização turística e na pavimentação da Serra do Faxinal irão proporcionar maior segurança e conforto no acesso ao Geoparque.

Caso receba o reconhecimento, o Geoparque Cânions do Sul passa a fazer parte da Rede Global de Geoparques, o que representa principalmente novas oportunidades de divulgação do território e valorização do turismo sustentável na região, entre outros benefícios.

Os Cânions do Sul são integrados por dois parques nacionais, o Parque Nacional Aparados da Serra e também o Parque Nacional da Serra Geral. Os parques estão situados na divisa dos estados do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina e abrangem uma área de aproximadamente 30.400 ha, distribuída ao longo dos contrafortes da região natural comumente denominada de Aparados da Serra, inserida na Formação Geológica Serra Geral – daí a origem do nome destas unidades de conservação.

Foto: Felipe Carneiro/Santur

Secured By miniOrange