CHAPECÓ
Notícias Nove em cada 10 cidades de Santa Catarina não têm leito de...

Nove em cada 10 cidades de Santa Catarina não têm leito de UTI pelo SUS

9328
O secretário de Estado da Saúde, Helton Zeferino, disse na segunda-feira (13) que o Estado abrirá chamada pública para contratar leitos de UTI nos hospitais privados. A medida faz parte da corrida para preparar o sistema de saúde em Santa Catarina para a evolução dos casos de covid-19, a doença causada pelo novo coronavírus. O Estado tem 785 leitos de UTI que atendem pacientes pelo SUS – e eles estão em apenas 30 cidades.Isso significa que, a cada 10 municípios catarinenses, nove não têm nenhum leito de UTI com atendimento gratuito. As cidades que concentram o serviço são polos regionais, onde ficam os maiores hospitais públicos – o que demanda, na maioria dos casos, o serviço de transporte por ambulâncias dos Bombeiros e do Samu.

A contratação de leitos particulares pode ajudar a capilarizar o atendimento, além de reforçar o sistema como um todo. Os números mostram que as regiões com menos leitos gratuitos de UTI são a Serra, com 36, o Planalto Norte, com 57, e a Foz do Itajaí-Açú, com 59.

Das três, a região de Itajaí é a mais populosa, com cerca de 700 mil habitantes. Isso explica a urgência no reforço da rede de atendimento – o primeiro hospital de campanha do Estado será montado no Centreventos de Itajaí, com 100 leitos.

A Secretaria de Estado da Saúde também exigiu dos municípios do entorno que instalem leitos de retaguarda – três para cada leito aberto no hospital de campanha. A ideia é que as cidades tenham condições de aumentar a capacidade de atendimento dos pacientes menos graves.
Mais leitos
O Estado tem projeto para até 10 hospitais de campanha semelhantes ao que será instalado em Itajaí. A Secretaria de Estado da Saúde definiu como regiões prioritárias a Grande Florianópolis, Sul, Serra, Extremo Oeste e Norte, na região de Joinville. A instalação ocorrerá conforme a demanda de leitos aumentar no Estado, por isso a previsão de local também pode ser alterada.
Fonte: Dagmara Spautz/ DC
Foto: Alberto Pizzoli, AFP