CHAPECÓ
Geral Operação da receita federal combate sonegação de imposto de renda por produtos...

Operação da receita federal combate sonegação de imposto de renda por produtos rurais de SC E PR

8718

A Receita Federal analisou as atividades de mais de 30 mil contribuintes com indícios de omissão que podem chegar a R$ 20 bilhões. De início, serão notificados os 500 maiores contribuintes, que representam mais de 10% do valor das notas fiscais emitidas sem a correspondente declaração do IRPF. Na sequência, os demais contribuintes serão também alertados da necessidade de apresentar suas declarações de imposto de renda.

Conforme o profissional contábil em São José do Cedro, Rudimar Winter, o produtor que comercializa os produtos da agricultura superior a R$ 142 mil, que possuem imóveis, automóveis e propriedades que superam os R$ 300 mil, além daqueles que obtiveram rendas tributáveis, como aluguéis por exemplo, superiores a R$ 28 mil são obrigados a declarar corretamente o Imposto de Renda. O contabilista salientou que estes agricultores devem procurar um escritório de contabilidade e prestar todas as informações.

O profissional contábil, Rudimar Winter, salientou que a Receita Federal está adquirindo informações de empresas compradoras de produtos da agricultura. Conforme o profissional, isso significa que mesmo o produtor tendo prestado informações incompletas ou omitido alguma, o órgão já possui a informação através do comprador que declara a receita, ou seja, das empresas. Por isso, ele orientou aos agricultores a regularização do imposto, assim evitando o pagamento de multas que variam entre 75% e 150% sobre o valor total do imposto devido.

Winter explicou que na jurisprudência de Joaçaba, a qual o Extremo Oeste pertence, cerca de 7 mil produtores estão na lista da operação deflagrada pela Receita Federal.

Secured By miniOrange