CHAPECÓ
Notícias Padrasto que estuprou e matou enteada de sete anos é morto após...

Padrasto que estuprou e matou enteada de sete anos é morto após confronto em Itajaí

9682

Uma criança de sete anos foi estuprada e morta pelo padrasto na noite desta segunda-feira (30), em Itajaí, no Litoral Norte. O crime teria ocorrido, segundo a Polícia Militar, porque o homem não aceitava o fim do relacionamento com a mãe da vítima.

O suspeito chegou a fugir do local – câmeras de segurança flagraram ele deixando a casa da ex e da criança. Mais tarde, ele entrou em confronto com a Guarda Municipal e acabou morto, segundo a Polícia Militar.

De acordo com a PM, médicos confirmaram que a menina foi estuprada e depois degolada. Ainda segundo a polícia, ele teria cortado os dedos do outro filho da mulher, de 16 anos. Ele está em estado estável. 

O autor seria servidor público da prefeitura de Itajaí. Além disso, ele possuia registro de ocorrência contra o pai das vítimas, em 2017, por ameaça. 

Foi localizado na noite desta segunda-feira, 30, um homem de 41 anos que teria estuprado e matado a enteada esfaqueada em Itajaí. Após ser localizado pela Guarda Municipal, cerca de três horas depois do crime, ele entrou em confronto com os guardas e morreu no local.

Conforme a Polícia Militar, a ação ocorreu no bairro Portal II.

O padrasto da vítima havia fugido do bairro Espinheiros a pé e em direção à rodovia Jorge Lacerda. Câmeras de monitoramento registraram a movimentação do suspeito durante a fuga e auxiliaram os órgãos de segurança.

Secured By miniOrange