PF apreende 2.600 garrafas de vinho e prende quatro pessoas na fronteira

9114

Na manhã de quarta-feira (28), a Polícia Federal e a Força Nacional apreenderam 115 caixas de vinhos argentinos que estavam estocados numa casa na área rural de Dionísio Cerqueira/SC, na Linha Jorge Lacerda, com indícios de que foram trazidos da Argentina de forma clandestina. 

Os policiais averiguavam uma denúncia de posse irregular de arma de fogo na propriedade, quando encontraram e apreenderam os vinhos e uma carabina que foi modificada para utilização de munição calibre 22. Os fatos serão investigados em inquérito policial para apurar quem é o responsável, visto que os moradores não foram encontrados na residência. 

Durante a tarde desta quarta-feira (28), a Polícia Federal efetuou a prisão em flagrante de quatro pessoas pela prática do crime de descaminho de vinhos oriundos da Argentina.

Após realizarem diligências, os policiais conseguiram identificar o local, onde foram encontradas cerca de 1.900 garrafas de vinho e flagradas quatro pessoas, sendo elas tanto compradores como responsáveis pelo depósito. Além dos vinhos, foram apreendidos três veículos e documentos. Os envolvidos foram presos em flagrante, tendo pago fiança para responder pelos seus atos em liberdade.

Nestas duas ocorrências, foram apreendidas 2.600 garrafas (430 caixas), avaliadas em aproximadamente R$ 150.000,00.

O crime de descaminho (art. 334 do Código Penal) tem pena de até quatro anos de reclusão, ao passo que o crime de posse irregular de arma de uso permitido (art. 12 da Lei nº 10.826/2003) tem pena de até três anos de detenção.

Cerca de 1.900 garrafas de vinho foram apreendidas na tarde desta quarta-feira / Foto: PF
FONTE: WH3