CHAPECÓ
Geral Polícia autua homem por exercício ilegal da profissão em Pinhalzinho

Polícia autua homem por exercício ilegal da profissão em Pinhalzinho

8401

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Polícia de Pinhalzinho, lavrou termo circunstanciado em desfavor de suspeito de exercer ilegalmente atividade de educador físico em Pinhalzinho/SC.

De acordo com a denúncia trazida por Fiscal do Conselho Regional de Educação Física de Santa Catarina, um acadêmico de curso superior de Educação Física estava exercendo ilegalmente a atividade neste município.

Durante a fiscalização realizada em outubro deste ano em uma academia de Pinhalzinho, a Agente constatou que o aluno realizava a atividade típica de educador físico sem estar habilitado e sem supervisão de profissional habilitado na área.
O procedimento será encaminhado ao Poder Judiciário.

A Polícia Civil adverte que o exercício de profissão ou atividade econômica, sem preencher as condições a que por lei está subordinado o seu exercício, é infração penal.