CHAPECÓ
Geral Polícia Civil de Xanxerê cumpre cinco mandados de prisão em Xanxerê e...

Polícia Civil de Xanxerê cumpre cinco mandados de prisão em Xanxerê e uma em Faxinal dos Guedes

9271

OPERAÇÃO DIFRON SEGURA: A Polícia Civil de Santa Catarina, por meio da Delegacia de Polícia da Comarca da Fronteira de Xanxerê, coordenada pelo Delegado Dr. Wesley Costa, deu cumprimento no âmbito da Operação DIFRON SEGURA, nesta segunda-feira (21), a 05 (cinco) Mandados de Prisão e 01 (um) Mandado de Busca e Apreensão que resultou em Prisão em Flagrante.

A DPCO-FRON de Xanxerê através do Setor de Investigação Criminal (SIC), com apoio de policiais civis da DPMu de Faxinal dos Guedes deu cumprimento a 04 (quatro) Mandados de Prisão no município de Xanxerê. O primeiro de sentença definitiva, cumprido no bairro João Winckler, em face de um homem de 28 anos condenado pelo crime de furto qualificado.

O segundo mandado de Prisão Definitiva foi cumprido em Chapecó em face de um homem de 28 anos, condenado pelo crime de furto cometido em novembro de 2018. O homem encontra-se na Penitenciária de Chapecó.

Os outros três mandados foram cumpridos nos bairros Castelo Branco, Primo Tacca e Monte Castelo, em face de homens de 38, 37 e 34 anos, respectivamente, referentes a decretações de prisões por inadimplemento no pagamento de pensão alimentícia.

A sexta prisão se deu na cidade de Faxinal dos Guedes durante o cumprimento de um Mandado de Busca e Apreensão expedido no curso da investigação do crime de furto ocorrido em uma propriedade rural pelos policiais civis da Delegacia de Faxinal dos Guedes e Delegacia da Comarca de Xanxerê, com apoio do Centro de Apoio Operacional de Combate aos Crimes Contra o Agronegócio (CAOAGRO), que lograram êxito em localizar uma espingarda de calibre .32 e munições, calibre .32 e .22. Após voz de prisão pelo crime de posse ilegal de arma de fogo, o homem de 51 anos foi conduzido a Delegacia de Polícia para lavratura do Auto de Prisão em Flagrante.

Todos os conduzidos, com exceção do que se encontra em Chapecó, foram encaminhados ao Presídio Regional de Xanxerê, onde permanecem a disposição da Justiça.

POLÍCIA CIVIL, INVESTIGAÇÃO QUE GERA RESULTADO!