CHAPECÓ
Geral Polícia Civil identifica autores de crimes virtuais contra parlamentares

Polícia Civil identifica autores de crimes virtuais contra parlamentares

9756

A 1ª Delegacia de Polícia de Fronteira de Chapecó elucidou crimes contra a honra de parlamentares e candidatos ocorridos por meios virtuais, ocorridos nas últimas eleições municipais de Chapecó.

No primeiro caso a candidata estava promovendo uma live quando um perfil falso praticou várias ofensas de cunho preconceituoso por meio dos comentários durante a transmissão ao vivo, expondo a vítima a situação vexatória.

Já no outro caso foi criado um perfil com nome aleatório que passou a fazer publicações de cunho ofensivo à honra de diversos candidatos e parlamentares, utilizando-se das fotos deles e proferindo diversas injúrias com a intenção de ferir a reputação.

Após tomar conhecimento, a Polícia Civil iniciou investigação envolvendo técnicas específicas para casos que envolvem crimes virtuais. Nota-se que os crimes cibernéticos são praticados porque o criminoso acredita na impunidade por estar atrás de um perfil falso e se sente encorajado à pratica.

Em todos os casos os perfis falsos foram excluídos alguns dias depois dos crimes, mas mesmos assim a investigação conseguiu identificar os autores.
As penas somadas ultrapassam 3 anos de detenção e o processo será enviado ao Poder Judiciário para providências.

Secured By miniOrange