Polícia Civil prende suspeito de estupro de vulnerável em Nova Erechim

10009

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Nova Erechim, cumpriu na tarde de hoje, 19/04/2021, mandado de prisão preventiva em desfavor de um homem de 35 anos, suspeito de ter mantido relações sexuais com uma menina de 13 anos.
Os fatos estão sendo apurados em inquérito policial que tramita na Delegacia de Nova Erechim, já que, pela legislação, a prática de qualquer relação com menor de 14 anos é considerada crime de estupro de vulnerável.
Segundo a mãe da menina (e relato de outras pessoas entrevistadas), a adolescente, de apenas 13 anos, estava convivendo maritalmente com o autor, um homem de 35 anos, inclusive estando grávida dele.
Na semana passada, policiais civis, na companhia do Conselho Tutelar, retiraram a menina da casa onde estava residindo com o investigado, sendo ela encaminhada novamente à casa da mãe.
Todavia, enquanto a investigação prosseguia, ele fugiu com a menina para Cunha Porã, onde pretendiam residir, o que motivou a decretação da prisão preventiva do homem, após pedido da Polícia Civil e manifestação favorável do Ministério Público.
Na sexta-feira e no sábado os investigadores estiveram em vários endereços em Cunha Porã, Águas Frias, Nova Itaberaba, Saudades e Nova Erechim, mas eles não foram localizados.
Na noite de ontem a menina precisou comparecer ao hospital, oportunidade em que o Conselho Tutelar foi acionado e, mais uma vez, levou a adolescente para a casa de sua genitora.
Na tarde de hoje, o agressor foi encontrado pelos agentes no Bairro Morada do Sol, em Nova Erechim, nas proximidades da casa da vítima, sendo então preso e encaminhado ao presídio de Maravilha.
Interrogado, ele negou envolvimento afetivo com a menor.
“Colabore com a Polícia Civil. Denuncie! Vá até a Delegacia mais próxima ou disque 181”