CHAPECÓ
Destaques Polícia esclarece morte de Sabrina Thomazi em Chapecó; assassino é procurado

Polícia esclarece morte de Sabrina Thomazi em Chapecó; assassino é procurado

10090

Adriano Ferreira é procurado pela Polícia Civil e pela Justiça, pela morte da jovem Sabrina Thomazi, [na época com 21 anos], que morreu após ser atingida por um tiro na cabeça enquanto estava no carro com o namorado em Chapecó, no Oeste de Santa Catarina.Sabrina Thomazzi e o assassino Adriano FerreiraSabrina morreu após ser atingida por um tiro na cabeça; autor está foragido. – Foto: Montagem/Arquivo Pessoal/Polícia Civil/ND

O autor, identificado após investigações do delegado da DIC (Divisão de Investigação Criminal), Vagner Papini, teve a veiculação de imagem autorizada pela Justiça para auxiliar nas buscar. O homem [com 29 anos na época do crime] tem 22 passagens policiais por vários crimes, entre eles disparo de arma de fogo e ameaça, segundo a polícia.

Em coletiva de imprensa na tarde desta terça-feira (7), Papini repassou a conclusão do Inquérito Policial. A jovem foi atingida na madrugada do dia 20 de novembro de 2021, mas teve a morte cerebral decretada no dia 23 de novembro, após ficar internada na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do HRO (Hospital Regional do Oeste).

Adriano Ferreira está foragido. – Foto: Polícia Civil DivulgaçãoAdriano Ferreira está foragido. – Foto: Polícia Civil Divulgação

Segundo Papini, a investigação apurou que os tiros foram feitos do interior de um carro Renault/Logan de cor prata. O fato teria sido praticado porque Adriano possuía uma inimizade com o namorado de Sabrina. Porém, a inimizada não foi confirmada pelo jovem, que também foi atingido por um tiro no abdômen e outro na perna.

“Ele praticou os dois crimes [homicídio e tentativa de homicídio] de forma fria e teria revelado a uma das testemunhas que não tinha o interesse de se entregar à polícia, por isso não estaria mais em Chapecó. Desta forma, divulgamos a imagem dele, perante autorização judicial, para podermos localizá-lo e cumprir o mandado de prisão”, acrescentou Papini.

Relembre o caso

Sabrina estava com o namorado, de 22 anos, e outras quatro pessoas em um VW/Gol branco quando o automóvel foi atingido por cerca de oito disparos, segundo a Polícia Civil.

O namorado dela também foi ferido por um tiro na barriga e outro na coxa, mas se recuperou. O caso ocorreu na rua Denilde Maria Copetti, na entrada do loteamento Don Gerônimo, próximo ao acesso Plínio Arlindo de Nes, por volta da 1h30 do dia 20 de novembro.

Sabrina Thomazi, de 21 anos – Foto: Arquivo pessoal/Divulgação/NDSabrina Thomazi, de 21 anos – Foto: Arquivo pessoal/Divulgação/ND

O namorado da jovem seguia com o carro próximo à concessionária Ford, no acesso à BR-282, quando um veículo de cor cinza se aproximou e o motorista disparou várias vezes.

Fonte: ND/Polícia Civil

Secured By miniOrange