Polícia Rodoviária Federal alerta para golpe que usa nome da PRF para pedir contribuição de empresas

9782

Segundo o comando da Polícia Rodoviária Federal, nesta quinta-feira uma empresa de São Miguel do Oeste entrou em contato com a guarnição da delegacia de Chapecó, solicitando se o comandante da PRF usa o nome semelhante a Cipriano.

O suposto comandante teria ligado para a empresa solicitando uma contribuição financeira para projetos de acidentes, e também oferecendo a venda de adesivos.

O empresário suspeitou da atitude e ligou para a PRF para confirmar, mas foi orientado pela policial que atendeu o telefone que se tratava de um golpe.

O comando alerta que a PRF não realiza esse tipo de campanha solicitando dinheiro e nem a venda de nenhum material.

A orientação é acionar a polícia e registrar boletim de ocorrência do fato, além de não entregar ou depositar nenhum valor solicitado.