CHAPECÓ
Notícias Policiais e bombeiros salvam mulher que se joga da ponte no rio...

Policiais e bombeiros salvam mulher que se joga da ponte no rio Chapecó

10272

Apesar da queda de aproximadamente 30 metros, a mulher sobreviveu e inconsciente ficou boiando na água até ser retirada pelo bombeiro e dupla de policiais militares.

FATO

Por volta das 11h30min de segunda-feira, 13, na ponte Jorge Lacerda, divisa entre São Carlos e Águas de Chapecó/SC, em atendimento de ocorrência de tentativa de suicídio, auxiliaram no salvamento de uma mulher de 24 anos, que se jogou de uma ponte com aproximadamente 30 metros de altura.

Tudo iniciou quando a PM foi acionada por populares, os quais informaram que uma mulher estava tentando se jogar da ponte. Rapidamente a guarnição foi até o local, iniciando uma negociação. Após alguns minutos de conversa, já com a presença dos Bombeiros no local, a mulher aparentou ter desistido do ato, porém durante a tentativa dos socorristas de convencê-la a se dirigir até a ambulância, sem utilizar a força para não abalar ainda mais a integridade emocional da vítima, a jovem, num ato determinado e muito repentino, se desvencilhou e se atirou da ponte.

Nesse momento os policiais da guarnição, soldado Luiz Alexandre kades Ferrarese e soldado Felipe Demarchi, juntamente com o bombeiro voluntário Paulo Cesar do Nascimento correram até a margem do rio Chapecó, que tem profundidade e largura consideráveis no local, e nadaram em direção à mulher, conseguindo resgatá-la com vida.

O bombeiro, com o auxílio de uma boia nadou até a mulher, sendo que os policiais após retirarem todos os equipamentos nadaram ao seu encontro para ajudar a retirar a mulher do rio, ela que estava em choque, pálida e com tremores, porém, com sinais vitais estáveis.

Destaca-se a dificuldade e periculosidade do salvamento, tendo em vista que os policiais não estavam com nenhum equipamento de salvamento, contando apenas com o e técnica de nado, esforço e sentimento de servir e proteger.

Segundo os policiais, foram cerca de 150 metros de nado para retirada da vítima, o que durou cerca de 20 minutos devido às dificuldades da retirada. Após o resgate, a mulher foi conduzida ao hospital pelos bombeiros.

Fonte: PM