CHAPECÓ
Início Geral Prefeitura de Chapecó lança “Operação Olhos de Anjo”

Prefeitura de Chapecó lança “Operação Olhos de Anjo”

8589

As Centrais de Meteorologia estão divulgando previsões de frio intenso para os próximos dias. Pensando em ajudar as pessoas em situação de rua ou vulnerabilidade e risco, a Administração Municipal de Chapecó lançou a “Operação Olhos de Anjo”. Durante os próximos dias, equipes do Resgate Social, serviço oferecido pela Prefeitura de Chapecó, por meio da Secretaria de Assistência Social, estarão de plantão, 24 horas, para atender aqueles que necessitarem.

O Resgate Social está localizado na Rua Marechal Deodoro da Fonseca, 562 – D e as equipes estão de plantão e podem ser acionadas pelo telefone (49) 3319-1201. Elas estarão preparadas para acolher as pessoas e atender da maneira que cada um necessitar. Roupas, alimentos e bebidas quentes estarão disponíveis, além de um espaço com colchões e cobertores para quem precisar de abrigo. A Casa de Passagem, situada na Rua Marquês de Olinda, no bairro São Cristóvão também está preparada e com reforço de colchões e cobertores para atender os chapecoenses.

Saiba mais

A Central de Resgate Social é destinada às pessoas que utilizam as ruas como espaço de moradia ou sobrevivência. Tem a finalidade de dar encaminhamentos para rede socioassistencial e demais políticas públicas e órgão de defesa de direitos, de modo a contribuir para a inserção social, acesso a direitos e proteção social das pessoas em situação de rua. A forma de acesso dos usuários ao Serviço Especializado para Pessoas em Situação de Rua, Resgate Social, poderá ser feito por meio de: demanda espontânea, encaminhamentos realizados pelo Serviço Especializado em Abordagem Social, outros serviços, programas ou projetos da rede socioassistencial, das demais políticas públicas setoriais ou órgãos de defesa de direitos da localidade.

A Central realiza em média 250 atendimentos por mês. Os atendidos pela Central de Resgate Social, dependendo de sua necessidade e situação social, podem recebem roupas, calçados, kit de higiene, passagens, auxílio funeral, para pessoas e/ou famílias que vivem em situação de extrema pobreza. A rotina de trabalho envolve atividades como:

  • Rondas periódicas durante o dia realizadas pela equipe de abordagem;
  • Encaminhamentos para outros serviços da rede: saúde, CREAS, CRAS, Judiciário, entre outros;
  • Acolhida e escuta aos usuários que chegam ao serviço, realizando o cadastro, bem como prestando as informações e orientações necessárias para a solução de sua dificuldade;
  • Realização de atendimento individualizado aos usuários;
  • Identificação pessoal filiação, documentação civil, nacionalidade, naturalidade e procedência;
  • Verificação da situação de rua tais como seu tempo, local de permanência, em que condições;
  • Verificar se o usuário possui família, ainda buscar a informação deste se possui ou não vínculos com os mesmos;
  • Buscar o máximo de informações dos serviços e benefícios que o usuário acessa;
  • Verificar situação de saúde do usuário, tais como se faz uso de substâncias psicoativas e álcool, dados sobre deficiência, se é atendido na rede de Saúde;
  • Verificar a situação educacional do usuário para possíveis encaminhamentos;
  • Verificar as necessidades básicas cotidianas;
  • Proceder a anotações nos registros dos nomes, contatos e ou que for necessário das pessoas com quem se relacionam os moradores de rua, círculos de amizades e relações afetivas;
  • Identificação da demanda apresentada para o desenvolvimento dos trabalhos internos, bem como o encaminhamento correto desta para rede;
  • Encaminhamento do usuário em situação de rua ao CREAS, Saúde, família, outro Município ou Albergue dependendo do caso em tela;
  • Sensibilização do individuo e família em relação a questões de vínculos familiares;
  • Informar e orientar o indivíduo ou familiares sobre procedimentos posteriores;
  • Proceder aos encaminhamentos imediatos necessários, sobre tudo para a inclusão no Cadastro Único para programas Sociais do Governo Federal e acesso a documentação.

Contatos

(49) 3319-1201

(49) 3319-1204

(49) 9 8401-4490

SECOM