CHAPECÓ
Notícias Prefeitura de Palma Sola incentiva empresários rurais a terem o Selo SIM

Prefeitura de Palma Sola incentiva empresários rurais a terem o Selo SIM

Produtos inspecionados podem ser comercializados nos 19 municípios da AMEOSC.

8300

Incentivar os empresários rurais a terem o Selo do Serviço de Inspeção Municipal (SIM) para poderem comercializar seus produtos de origem animal para supermercados, consumidores finais e os municípios que integram a Associação dos Municípios do Extremo Oeste de Santa Catarina (AMEOSC). Com esse propósito a Administração Municipal de Palma Sola, por meio da Sala do Empreendedor e da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, iniciou um trabalho articulado de fomento da comercialização de produtos inspecionados e do fortalecimento desses pequenos negócios rurais.

O primeiro passo foi a realização de um levantamento no comércio local para identificar os fornecedores de hortifrutigranjeiros. Esse mapeamento, realizado pela agente de desenvolvimento Aline Bellé, revelou que os empresários não compram dos produtores locais. “Com essa constatação fizemos reuniões e buscamos a parceria da Epagri para incentivar os agricultores familiares a produzirem esses itens que atualmente são adquiridos de outros municípios para que eles possam vender no comércio de Palma Sola e da região”, explica Aline.

Atualmente em Palma Sola apenas uma indústria de ovos possui o Selo SIM. A estimativa, segundo o Secretário de Agricultura e Meio Ambiente Juliano Zandoná, é de que com esse trabalho em conjunto até o fim deste ano tenham o Selo mais quatro empresários rurais que produzem mel, queijo, frango e embutidos de carne. “Além destes, temos mais oito produtores interessados em participar desta iniciativa e com isso ampliar as possibilidades de vendas de seus produtos”, antecipa.

Zandoná ressalta que outra ação da Prefeitura é a reformulação/atualização da legislação municipal, que é do ano de 2000, e observa as determinações da Inspeção Federal. “Trabalharemos a flexibilização para implementação e criação dessas pequenas indústrias. Além disso, para auxiliá-las a realizarem as adequações necessárias, a intenção é contratar o serviço de técnico terceirizado”, comenta.

A assessora de Gestão em Administração e Planejamento, Izabel Vissotto, enaltece que o fomento dos pequenos negócios rurais remete a atuação da Sala do Empreendedor de Palma Sola. “Importante destacar que essa prestação de serviço gratuita aos empresários é realizada por meio da parceria com o Sebrae/SC na execução do Programa Cidade Empreendedora”, afirma ao comentar que os empresários rurais terão à disposição consultorias gratuitas para aprimorar seus negócios.

Secured By miniOrange