Presidente elogia ações de Chapecó no enfrentamento à Covid

8547

O presidente da República, Jair Bolsonaro, esteve em Chapecó na manhã desta quarta-feira e elogiou as medidas adotadas pela Administração Municipal no Enfrentamento à Covid.
“Conversei com o prefeito João Rodrigues e ele buscou a solução dando liberdade aos médicos, ele liberou os médicos para que eles dissessem o que o paciente pode receber. A minha intenção em vir aqui é para mostrar para o resto do Brasil o que foi feito”, disse Bolsonaro, em declaração para a imprensa, após a visita ao Centro de Eventos de Chapecó, onde foi montado o Centro Avançado de Atendimento à Covid.
Ele visitou a estrutura que atendeu mais de 200 pacientes e em pouco mais de um mês promoveu mais de 100 altas e mais de80 transferências, num momento em que os hospitais e a UPA estavam lotados.
Em uma reunião com autoridades locais, estaduais e federais, Bolsonaro também assistiu a um vídeo institucional onde foram mostradas outras ações realizadas. Entre elas a abertura de mais 10 leitos na UPA, ampliação dos leitos de UTI do Hospital Regional do Oeste de 35 leitos para 108, redução de 50% nos internados de UTI no último mês, abertura do Ambulatório de Tratamento Imediato do Verdão, contratação de 150 profissionais e testagem em massa. O número de casos ativos caiu de 5,5 mil há cerca de um mês para 569 nesta quarta-feira.
O prefeito de Chapecó, João Rodrigues, destacou o cuidado com a saúde, tratando quem precisa, e ao mesmo tempo permitindo as atividades econômicas, o que propicia Chapecó ter mais de 800 vagas no Balcão de Empregos.
“Hoje podemos dizer que somos um exemplo, mas o mérito é de toda a população, da união de esforços. Quero agradecer e reconhecer todos os profissionais de saúde do município, do Hospital Regional do Oeste e Unimed. Também quero agradecer ao setor empresarial, que doou R$ 2,5 milhões para ações de combate à Covid. Aqui a liberdade e a união deram resultado. Aqui conjugamos a saúde e a economia”, destacou o prefeito.
Ele ressaltou que somente a Cooperalfa e a Aurora estão investindo R$ 1 bilhão em recursos, com novas indústrias e ampliação de plantas. Além disso a Ecofrigo também vai ampliar seu frigorífico.
O prefeito disse que não faz sentido não tratar uma doença.
Em seu discurso, em reunião para alguns convidados, no Centro de Eventos, o presidente Jair Bolsonaro disse que já conhecia o prefeito João Rodrigues, que ambos já foram injustiçados e fez questão de dar o exemplo e vir em Chapecó. Ele afirmou que o inimigo é o vírus. E que tem 38 milhões de pessoas que estavam em trabalho informal e que não tem como sobreviver dentro de casa. Por isso afirmou que não vai ter lockdown nacional.
O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, falou que o Governo Federal está ampliando a vacinação e tomando as medidas para conciliar a saúde com o desenvolvimento econômico.
A governadora Daniela Reinher disse que há um mês, quando esteve no Centro Avançado de Atendimento Covid, disse que há um mês a situação era de tristeza, mas que foi dado um passo importante no enfrentamento à Covid.
O prefeito João Rodrigues disse que um documento com as medidas tomadas por Chapecó foram repassadas ao gabinete de Presidência. De Chapecó o presidente, acompanhado de ministros, foi para Foz do Iguaçu.

Fotos: Leandro Schmidt