CHAPECÓ
Notícias Preso o suspeito de matar mãe e filho em Blumenau

Preso o suspeito de matar mãe e filho em Blumenau

9279
Foto: Divulgação / Polícia Civil

O suspeito de matar a companheira e o filho de apenas três meses em Blumenau/SC foi preso no estado de São Paulo na noite desta terça-feira (26), informou a Polícia Civil. Kelber Henrique Pereira, 28, desapareceu após Jéssica Mayara Ballock, 23, e o bebê Théo Pereira serem assassinados dentro do apartamento onde a família morava, no Bairro da Velha.

Apontado como principal suspeito, o homem teve a prisão preventiva decretada já no dia em que os corpos foram encontrados. O filho mais velho do casal, de 1 anos e 10 meses, foi localizado com os avós paternos em Minas Gerais.

Foto: Divulgação / Polícia Civil

Kelber estava em Paulínia, no interior de São Paulo. A prisão ocorreu durante a noite, divulgou o delegado responsável pelo caso, Ronnie Esteves. Ele teria sido localizado pela Polícia Militar enquanto dirigia por uma estrada na área rural do município. Ele foi levado à delegacia da cidade algemado e em silêncio.

Conforme informações da EPTV Campinas, aos policiais Kelber contou que foi para São Paulo com o objetivo de se internar em uma clínica de reabilitação para dependentes químicos indicada por um amigo.

De acordo com o sargento da PM Rodrigo Chagas, o foragido deixou Santa Catarina e foi para Minas Gerais, onde teria deixado o filho com a família. De lá, seguiu para Bragança Paulista e de carro, viajando sozinho até Paulínia.

A Polícia Civil investiga se alguém ajudou o homem a fugir e trocar de carro em Bragança Paulista. Depois do interrogatório, Kelber foi levado a Campinas para passar por audiência de custódia. A previsão é que ele seja transferido para Blumenau ainda nesta quarta-feira (27) para responder pelo crime.

O crime

Foto: Divulgação / Redes sociais

Jéssica e Theo foram encontrados com um ferimento na garganta dentro de um quarto na manhã de segunda-feira (25). A jovem morava no apartamento com o marido e os dois filhos, de três meses e quase dois anos. O menino mais velho sumiu com o pai depois do crime.

Ronnie afirmou que o companheiro de Jéssica é o principal suspeito.

A linha mais forte de investigação é que o autor seja ele“, diz.

Uma faca com sangue foi encontrada no imóvel e apreendida. Ela passará por perícia. Ronnie já tinha informações do paradeiro de Kelber no começo da semana. Nesta terça, o filho mais velho do casal foi encontrado.

No prédio do apartamento em Blumenau não havia câmeras de segurança para auxiliar os investigadores. O casal, que estava junto há quatro anos, passou o dia com o pai de Jéssica no sábado, quando foram vistos pela última vez. Ronnie acredita que o crime tenha sido cometido ainda no fim de semana.

Relacionamento abusivo

Amiga próxima da jovem encontrada morta com o filho revelou que a vítima vivia em um relacionamento abusivo com o marido. Segundo a amiga, Kelber costumava bloquear a família de Jéssica das redes sociais e proibia que ela mantivesse contato com os pais. 

Por causa desse isolamento, a amiga afirmou que também não conseguiu acompanhar a segunda gestação da jovem.

Nós tentamos muito, aconselhamos muito. Ela dizia estar decidida a terminar, mas sempre voltava“, disse ao G1 SC.​

Os dois, segundo a jovem, estavam morando no apartamento onde o crime aconteceu há cerca de um mês e meio. A Jéssica, no entanto, sequer tinha passado a localização da nova residência à amiga.

Como eu sou madrinha e sempre fui muito próxima da Jéssica, ele odiava que eu mantivesse contato, tanto que eu já nem podia mais ver meu afilhado. Sempre tinha uma desculpa“, completou.

Fonte: Bianca Bertoli / Jornal de Santa Catarina / NSC Total

Secured By miniOrange