Preso suspeito no caso do caminhoneiro desaparecido na região de Pinhalzinho e Saudades

12888
Fonte: Polícia Civil

O Delegado Arthur de Oliveira Lopes comentou rapidamente a prisão de um suspeito no caso do caminhoneiro Ezequiel Schneider. A pedido da RCO, ele destacou que o suspeito é natural de Palmitos, foi preso em Chapecó e também estava sumido desde o fim de semana. O delegado não revelou mais detalhes se o suspeito já era conhecido da vítima ou se já integrava grupos que assaltavam caminhoneiros, mas adiantou que ele já tem passagens pela polícia. Os detalhes estão sendo mantidos em sigilo para não atrapalhar o restante da investigação. Segundo ele, as investigações prosseguem com auxilio de policiais do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná. 

CAMINHONEIRO SEGUE DESAPARECIDO

DELEGADO FALA SOBRE PRISÃO DE SUSPEITO NO CASO DO CAMINHONEIRO DESAPARECIDOHomem já tem passagens pela polícia e é natural de PalmitosO Delegado Arthur de Oliveira Lopes comentou rapidamente a prisão de um suspeito no caso do caminhoneiro Ezequiel Schneider. A pedido da RCO, ele destacou que o suspeito é natural de Palmitos, foi preso em Chapecó e também estava sumiido desde o fim de semana. O delegado não revelou mais detalhes se o suspeito já era conhecido da vítima ou se já integrava grupos que assaltavam caminhoneiros, mas adiantou que ele já tem passagens pela polícia. Os detalhes estão sendo mantidos em sigilo para não atrapalhar o restante da investigação. Segundo ele, as investigações prosseguem com auxilio de policiais do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná. Acesse o player e ouça o delegado.DA ASSESSORIASaudades – A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Polícia da Comarca de Pinhalzinho e da DPMu de Saudades, deu cumprimento a mandado de prisão temporária em desfavor de S.E.V.H., de 29 anos, nesta sexta-feira, 11. O homem foi preso em Chapecó e não é morador da região de Pinhalzinho.O investigado preso encontrava-se com paradeiro desconhecido desde o fim de semana do desaparecimento de Ezequiel Fernando Schneider, há cinco dias, e foi localizado no município de Chapecó. Sendo que o caminhão foi encontrado na terça-feira, 08, em Saudades.Em que pese a prisão cautelar do suspeito, as investigações continuam.Após o seu interrogatório e demais procedimentos policiais, o preso foi encaminhado à Unidade Prisional Avançada – UPA de Maravilha/SC.Segundo o delegado Arthur Lopes, que preside a investigação, o desaparecimento do caminhoneiro ocorreu no percurso entre sua última parada no sudoeste do Paraná e Chapecó/SC. "Ocorreu ainda a subtração das rodas de seu caminhão, as quais foram substituídas por outras de qualidade muito inferior".O CASOEzequiel Fernando Schneider é morador de Cruzeiro do Sul, próximo a Lageado, na regiã do Vale do Taquari, e está desaparecido desde a noite do último sábado (5). O caminhoneiro, realizava viagem entre os municípios de Itumbiara (GO) e Chapecó (SC). A previsão de chegada na cidade catarinense era para a manhã desta segunda – feira (7). A família tentou contato com ele desde domingo, sem sucesso.Segundo as informações apuradas, ele jantou em Pranchita/PR, na noite de sábado, 05, em um Posto de Combustíveis de onde partiu por volta da 1h da manhã.Por meio de rastreador, o caminhão que Schneider dirigia foi localizado em um posto de combustíveis, as margens da BR-282, em Saudades, no distrito de Juvêncio, onde estava estacionado desde a manhã do domingo, com a carga intacta.A Polícia foi acionada e deparou-se com vestígios de sangue na cabine. As rodas e pneus, que eram novos, haviam sido trocados por itens velhos. O botijão de gás, o rádio e o dinheiro foram levados. A carga permaneceu no veículo.DESABAFOJoice, a irmão do caminhoneiro Ezequiel Fernando Schneider, conversou com a reportagem da RCO na noite de quarta-feira, e pediu orações e ajuda na localização. Além de Joyce, estão na cidade a esposa de Ezequiel, o irmão dela e o filho. Na conversa, Joyce relatou a angustia vivida pela família desde o fim de semana quando perderam o contato com Ezequiel. Acesse o player e ouça a reportagem.Na noite de quarta-feira, o delegado Delegado de Pinhalzinho, Arthur de Oliveira Lopes, atendeu a reportagem da RCO e disse que os trabalhos estão adiantados e evoluindo bem, mas preferiu não dar nenhuma declaração ou entrevista sobre o caso.

Posted by Rádio Centro Oeste on Friday, January 11, 2019

DA ASSESSORIA

Saudades – A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Polícia da Comarca de Pinhalzinho/SC daDPMu de Saudades, deu cumprimento a mandado de prisão temporária em desfavor de S.E.V.H., de 29 anos, nesta sexta-feira, 11. O homem foi preso em Chapecó e não é morador da região de Pinhalzinho. Homem já tem passagens pela polícia e é natural de Palmitos

O investigado preso encontrava-se com paradeiro desconhecido desde o fim de semana do desaparecimento de Ezequiel Fernando Schneider, há cinco dias, e foi localizado no município de Chapecó. Sendo que o caminhão foi encontrado na terça-feira, 08, em Saudades.

Em que pese a prisão cautelar do suspeito, as investigações continuam.

Após o seu interrogatório e demais procedimentos policiais, o preso foi encaminhado à Unidade Prisional Avançada – UPA de Maravilha/SC.

Segundo o delegado Arthur Lopes, que preside a investigação, o desaparecimento do caminhoneiro ocorreu no percurso entre sua última parada no sudoeste do Paraná e Chapecó/SC. “Ocorreu ainda a subtração das rodas de seu caminhão, as quais foram substituídas por outras de qualidade muito inferior”.

Fonte: Polícia Civil

 

O CASO

Ezequiel Fernando Schneider é morador de Cruzeiro do Sul, próximo a Lageado/RS, na região do Vale do Taquari, e está desaparecido desde a noite do último sábado (5). O caminhoneiro, realizava viagem entre os municípios de Itumbiara (GO) e Chapecó (SC). A previsão de chegada na cidade catarinense era para a manhã desta segunda – feira (7). A família tentou contato com ele desde domingo, sem sucesso.

Segundo as informações apuradas, ele jantou em Pranchita/PR, na noite de sábado, 05, em um Posto de Combustíveis de onde partiu por volta da 1h da manhã.

Por meio de rastreador, o caminhão que Schneider dirigia foi localizado em um posto de combustíveis, as margens da BR-282, em Saudades, no distrito de Juvêncio, onde estava estacionado desde a manhã do domingo, com a carga intacta.

A Polícia foi acionada e deparou-se com vestígios de sangue na cabine. As rodas e pneus, que eram novos, haviam sido trocados por itens velhos. O botijão de gás, o rádio e o dinheiro foram levados. A carga permaneceu no veículo.

DESABAFO

Joice, a irmão do caminhoneiro Ezequiel Fernando Schneider, conversou com a reportagem da RCO na noite de quarta-feira, e pediu orações e ajuda na localização. Além de Joyce, estão na cidade a esposa de Ezequiel, o irmão dela e o filho. Na conversa, Joyce relatou a angustia vivida pela família desde o fim de semana quando perderam o contato com Ezequiel. Acesse o player e ouça a reportagem.

Na noite de quarta-feira, o delegado Delegado de Pinhalzinho, Arthur de Oliveira Lopes, atendeu a reportagem da RCO e disse que os trabalhos estão adiantados e evoluindo bem, mas preferiu não dar nenhuma declaração ou entrevista sobre o caso.

Fonte:RCO e Polícia Civil

Foto: Polícia Civil